8 set 2019 - 18h22

De enerVAR: Furacão empata fora de casa com o vice-líder Santos, após interferência polêmica do árbitro de vídeo

Em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, Léo brilha, mas VAR entra mais uma vez em ação e Furacão empata com Santos. Equipe agora volta o foco na descisão da Copa do Brasil, contra o Inter.

Enquanto o Peixe, invicto na Vila Belmiro nesta temporada, buscava seguir na cola do líder Flamengo e mirando o título Brasileiro, o Athletico vai atrás da Copa do Brasil – o Furacão pega o Inter na decisão. Até por isso, Tiago Nunes escalou os reservas neste domingo. Pedro Henrique e Adriano, que não podem jogar a Copa do Brasil, reforçaram a equipe.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

O Santos começou a partida todo no ataque. Aos 3 minutos, em cobrança de falta perto da área rubro-negra, Léo, bem colocado, defendeu em dois tempos.

Aos 8 minutos, bobeira da zaga atleticana na saída de bola. Léo saiu jogando errado, entregou a bola nos pés de Marinho, dentro da área, mas Léo Pereira apareceu muito bem no carrinho para bloquear o chute perigoso do time da casa.

No minuto seguinte, defesa do Athletico afastou a cobrança de escanteio na área. No rebote, o chute veio de longe e Léo fez fácil defesa.

O goleiro atleticano trabalhava na partida. Aos 25, Pituca recebeu bola após boa tabela e finalizou da entrada da área. Léo segurou firme.

Pouco depois, o Athletico chegou com perigo pela primeira vez na partida. Everton Felipe recebeu na área, tentou o chute colocado, mas mandou pela linha de fundo.

Aos 33, o Furacão teve a melhor oportunidade de abrir o placar. O arqueiro alvi-negro operou dois milagres em chutes de frente para o gol de Thonny Anderson e Vitinho, no rebote.

Mas a torcida rubro-negra pôde comemorar aos 41 minutos. Tabela rubro-negra no ataque, a bola sobrou com Thonny Anderson que fez belíssima jogada e bateu; Everson espalmou e Braian Romero empurrou para o fundo do gol!

Léo evitou o empate da equipe da casa aos 45 minutos. Felipe Jonathan cruzou, Uribe finalizou e o goleiro fez segura defesa.

E quase saiu o segundo do Furacão. Thonny Anderson fez boa jogada, aos 47 minutos, e deixou para Braian Romero, que bateu, da entrada da área; a bola desviou na defesa e se perdeu pela linha de fundo, passando muito próxima ao gol de Everson.

Ná última chance da primeira etapa, o Peixe teve chance de empatar em cobrança de falta, mas Leo fez outra boa defesa, aos 50 minutos.

2º Tempo

Athletico começou a etapa complementar tentando pressionar. Em lance de perigo, aos 4 minutos, quase chegou ao segundo gol, furando a defesa santista, mas a arbitragem marcou impedimento.

Aos 8 minutos, foi a vez de Léo fazer milagre. Após cobrança de escanteio, Lucas Veríssimo cabeceou e o arqueiro espalmou para fora e evitou um possível empate.

Uribe recebeu cruzamento, deu um peixinho e mandou perto da trave, com 11 minutos de jogo.

1 minuto depois, chance com o Everton Felipe na entrada da área. Ele bateu colocado e o goleiro do Santos fez a defesa.

Aos 33 minutos, mais uma vez ele, Léo, fez difícil defesa depois de bola cabeceada de dentro da pequena área.

Logo em seguida, cruzamento de Marinho pela direita e Uribe cabeceou por cima do gol.

Aos 45 minutos, em mais uma daquelas “famigeradas” atuações do VAR, o árbitro marcou falta de Braian Romero em Marinho fora da área, mas a comunicação com o árbitro de vídeo o levou a analisar o lance por um suposto pênalti, confirmado e convertido, posteriormente, por Sánchez.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2019 – 08/09/19 – Santos 1 x 1 Athletico

Local: Vila Belmiro;

Árbitro: Rodrigo de Miranda (RJ);

Horário: 16h00;

Cartões amarelos: Pituca (SAN), Lucho (CAP), Adriano (CAP), Rossetto (CAP), Léo (CAP), Thonny Anderson (CAP), Madson (CAP), Lucas Veríssimo (SAN), Tiago Nunes (CAP), Jorge Sampaoli (SAN).

Cartões vermelhos: não houve;

Gols: Braian Romero (41’ 1T), Sánchez (45’ 2T).

Athletico: Léo; Madson, Léo Pereira, Pedro Henrique e Adriano (Abner Felipe); Rossetto, Lucho González (Erick) e Everton Felipe (Tomás Andrade); Vitinho, Braian Romero e Thonny Anderson; TC: Tiago Nunes.

Santos: Everson; Felipe Aguilar (Pará), Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo; Sánchez, Pituca, Jean Mota (Lucas Venuto) e Felipe Jonathan; Uribe, Marinho e Sasha; TC: Jorge Sampaoli.

Próximos confrontos

Na próxima quarta, dia 11 de Setembro (21h30), o Furacão faz o jogo de ida pela final da Copa do Brasil contra o Internacional, no Caldeirão.

Pelo Brasileirão, o Athletico retorna a campo na manhã de domingo do dia 15 (11h00), em jogo válido pela 19ª e última rodada do turno, contra o Avaí, na Arena.



Últimas Notícias

Brasileiro

No Maraca a gente resolve

O Athletico venceu o Fluminense no estádio do Maracanã nesta noite de quinta (17), de virada, pelo placar de 2 a 1. Quando se trata…

Fotos

Furadog, o novo membro da Furacao.com!

Saudações rubro-negras! Eu me chamo Gabriel Rodriguez Martins, tenho 23 anos e sou atleticano desde que me conheço por gente. O vermelho pulsante contrastando com…