11 set 2019 - 12h27

Números e curiosidades do confronto

Athletico e Internacional se enfrentam a partir da noite desta quarta-feira (11) valendo o título da Copa do Brasil 2019. Selecionamos aqui alguns dados sobre o confronto:

COPA DO BRASIL

Como já sabido, o Athletico faz sua segunda final enquanto Internacional chega na decisão pela terceira vez. O Furacão nunca levou o caneco, já o Internacional venceu o Fluminense em 1992 sagrando-se campeão.

As equipes se enfrentaram nas quartas de final de 2013, com o Athletico tendo passado para a semi pelo critério do gol fora de casa depois do empate de 0 x 0 na Vila Capanema e de 1 X 1 no Rio Grande do Sul.

Aquela foi a única vez que as equipes se enfrentaram pelo torneio.

CAMINHOS PARA A FINAL

Por terem disputado a Taça Libertadores da América este ano, ambas as equipes entraram já na 3ª fase da competição. Pelo torneio intercontinental o rubro negro foi superado pelo atual vice campeão Boca Juniors nas oitavas de final enquanto o colorado gaúcho caiu nas quartas diante do Flamengo.

Para chegar na final o Internacional venceu ambas as partidas do Cruzeiro (0 x 1 fora e 3 x 0 em casa), eliminou o Palmeiras nas penalidades nas quartas de final após ter perdido fora e devolvido o mesmo placar de 1 x 0 e venceu ambas as partidas diante do Paysadu ( 3 x 1 em casa e 1 x 0 fora).

Já o Athletico experimentou de tudo, empates, vitórias e derrotas, tendo feito já duas decisões por pênaltis. O Furacão começou sua trajetória empatando fora e vencendo o Fortaleza em casa por 1 x 0. Depois fez duas grandes partidas que acabaram empatadas em 1 x 1 diante do poderoso Flamengo, mesmo sendo muito prejudicado pela arbitragem em casa. Num Maracanã lotado o time venceu nos pênaltis. E nas semi finais a equipe se recuperou depois de perder o primeiro confronto em Porto Alegre, venceu o Grêmio pelos mesmos 2 x 0 do jogo de ida e venceu nas penalidades novamente.

CURIOSIDADES

* O Internacional foi o primeiro time a vencer na moderna Arena da Baixada em 1999. O Atlético, que historicamente sempre foi um bom mandante, tinha supremacia em casa, mas caiu diante do Internacional por 2 x 1.

* Adriano Gabiru marcou época no Athletico. O garoto franzino vindo de Alagoas se transformou num gigante com o treinador Abel Braga, um terror nos Atletibas e foi sustentáculo de ataques poderosos como do quadrado mágico junto de Kléber, Kelly e Lucas e depois municiando a artilharia campeã brasileira com Kléber e Alex Mineiro. Ele foi campeão paranaense em 1998, 2000 e 2001 além do brasileiro daquele ano.

* Já no Internacional Adriano nunca se firmou. Contestado pela torcida teve mais uma vez a confiança do então treinador Abel Braga e fez nada mais nada menos do que o gol mais importante da rica e centenária história colorada. Coube a ele fazer o gol da vitória diante do Barcelona na final do Mundial Interclubes em 2006.

* O Athletico não vence o Inter como visitante desde 1998, gol de Warley. Já o Internacional venceu o rubro negro já na Arena pós Copa do Mundo em 2014 por 0 x 1. No total de confrontos as equipes de enfrentaram 52 vezes com 21 vitórias gaúchas, 16 paranaenses e 15 empates.

* O Athletico tem 3 jogadores pendurados com 2 cartões amarelos: Lucho Gonzalez, Bruno Guimarães e Rony. Já o Internacional possui 2 atletas com risco de ficar de fora da finalíssima: Nico López e Rafael Sóbis.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Brasileirão 2019

Após o título do Furacão pela Copa do Brasil, o estado de êxtase que cada athleticano vive é algo surreal. É um momento mágico, fruto…