11 set 2019 - 12h27

Números e curiosidades do confronto

Athletico e Internacional se enfrentam a partir da noite desta quarta-feira (11) valendo o título da Copa do Brasil 2019. Selecionamos aqui alguns dados sobre o confronto:

COPA DO BRASIL

Como já sabido, o Athletico faz sua segunda final enquanto Internacional chega na decisão pela terceira vez. O Furacão nunca levou o caneco, já o Internacional venceu o Fluminense em 1992 sagrando-se campeão.

As equipes se enfrentaram nas quartas de final de 2013, com o Athletico tendo passado para a semi pelo critério do gol fora de casa depois do empate de 0 x 0 na Vila Capanema e de 1 X 1 no Rio Grande do Sul.

Aquela foi a única vez que as equipes se enfrentaram pelo torneio.

CAMINHOS PARA A FINAL

Por terem disputado a Taça Libertadores da América este ano, ambas as equipes entraram já na 3ª fase da competição. Pelo torneio intercontinental o rubro negro foi superado pelo atual vice campeão Boca Juniors nas oitavas de final enquanto o colorado gaúcho caiu nas quartas diante do Flamengo.

Para chegar na final o Internacional venceu ambas as partidas do Cruzeiro (0 x 1 fora e 3 x 0 em casa), eliminou o Palmeiras nas penalidades nas quartas de final após ter perdido fora e devolvido o mesmo placar de 1 x 0 e venceu ambas as partidas diante do Paysadu ( 3 x 1 em casa e 1 x 0 fora).

Já o Athletico experimentou de tudo, empates, vitórias e derrotas, tendo feito já duas decisões por pênaltis. O Furacão começou sua trajetória empatando fora e vencendo o Fortaleza em casa por 1 x 0. Depois fez duas grandes partidas que acabaram empatadas em 1 x 1 diante do poderoso Flamengo, mesmo sendo muito prejudicado pela arbitragem em casa. Num Maracanã lotado o time venceu nos pênaltis. E nas semi finais a equipe se recuperou depois de perder o primeiro confronto em Porto Alegre, venceu o Grêmio pelos mesmos 2 x 0 do jogo de ida e venceu nas penalidades novamente.

CURIOSIDADES

* O Internacional foi o primeiro time a vencer na moderna Arena da Baixada em 1999. O Atlético, que historicamente sempre foi um bom mandante, tinha supremacia em casa, mas caiu diante do Internacional por 2 x 1.

* Adriano Gabiru marcou época no Athletico. O garoto franzino vindo de Alagoas se transformou num gigante com o treinador Abel Braga, um terror nos Atletibas e foi sustentáculo de ataques poderosos como do quadrado mágico junto de Kléber, Kelly e Lucas e depois municiando a artilharia campeã brasileira com Kléber e Alex Mineiro. Ele foi campeão paranaense em 1998, 2000 e 2001 além do brasileiro daquele ano.

* Já no Internacional Adriano nunca se firmou. Contestado pela torcida teve mais uma vez a confiança do então treinador Abel Braga e fez nada mais nada menos do que o gol mais importante da rica e centenária história colorada. Coube a ele fazer o gol da vitória diante do Barcelona na final do Mundial Interclubes em 2006.

* O Athletico não vence o Inter como visitante desde 1998, gol de Warley. Já o Internacional venceu o rubro negro já na Arena pós Copa do Mundo em 2014 por 0 x 1. No total de confrontos as equipes de enfrentaram 52 vezes com 21 vitórias gaúchas, 16 paranaenses e 15 empates.

* O Athletico tem 3 jogadores pendurados com 2 cartões amarelos: Lucho Gonzalez, Bruno Guimarães e Rony. Já o Internacional possui 2 atletas com risco de ficar de fora da finalíssima: Nico López e Rafael Sóbis.



Últimas Notícias

Notícias

De novo a dupla Fla x Flu

Há jogos que mesmo não sendo decisivos acabam sendo marcantes. Lógico que uma final, uma partida que valha vaga para uma fase aguda de uma…

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…