13 set 2019 - 18h19

De olho na Copa, Athletico enfrenta Avaí com reservas

Após o primeiro jogo da finalíssima da Copa do Brasil, no qual o Athletico construiu a vantagem mínima no confronto com o Internacional, o rubro-negro irá encarar o Avaí, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

ESCALAÇÃO

De olho no jogo decisivo da próxima quarta-feira, em Porto Alegre, Tiago Nunes deverá escalar um time totalmente reserva para o jogo do Brasileirão, devendo repetir a escalação que conseguiu, na rodada passada, um empate contra o Santos, fora de casa.

A única alteração deve ser na lateral-esquerda. Segundo o globoesporte.com, Adriano não participou do treino desta sexta-feira e pode desfalcar a equipe. No seu lugar, Abner Vinícius deve ganhar nova oportunidade, após defender a Seleção Olímpica em amistosos realizados no último período de “Data FIFA”.

Com isso, o provável time que entrará em campo no próximo domingo terá: Léo; Madson, Lucas Halter, Pedro Henrique e Abner Vinícius; Matheus Rosseto, Lucho González, Braian Romero, Everton Filipe e Vitinho; Thonny Anderson.

Ainda segundo o globoesporte.com, será a sétima partida do Athletico pelo Brasileirão com o time reserva, dos quais apenas um foi vencido pelo Furacão (4×0 contra o CSA, fora de casa), somado a dois embates (com Santos e Chapecoense) e três derrotas (para Corinthians, na Arena, e para Flamengo e Botafogo, fora de casa).

HORÁRIO “NOVO” E SEM TV

A partida da próxima rodada do Campeonato Nacional será apenas a segunda do Athletico, na edição desse ano, às 11h da manhã (antes, o Furacão já havia encarado a Chapecoense, em jogo válido pela 3ª rodada, fora de casa).

Com o jogo contra o também catarinense Avaí marcado para o mesmo horário do próximo domingo (15), será a estréia da equipe nesse horário jogando em Curitiba.

O jogo não contará com transmissão pela televisão, só podendo ser acompanhado in loco, na Arena da Baixada, ou pelas rádios.

DE OLHO NO G6

Nono colocado, com 26 pontos, o Athletico tem na sua cola Botafogo, em 10º, com a mesma pontuação, e o Grêmio, 11º, com 25 pontos. Além de querer se distanciar dos adversários diretos, o Furacão buscará mais uma vitória em casa para se aproximar do G6, que tem como último integrante o Internacional, com 30 pontos. Entre eles, estão Bahia, também com 30, e Atlético Mineiro, com 27.

Enfrentar o atual lanterna da competição, com apenas 10 pontos e uma única vitória no certame é uma boa oportunidade para o time reserva atleticano, que, além de ter feito bons jogos, como contra o CSA e contra o Flamengo (apesar da derrota), só não voltou com uma vitória de Santos, na rodada passada, por um erro absurdo de arbitragem, questionado até mesmo pela direção.

A prioridade, por óbvio, é a Copa do Brasil. Mas um bom resultado em casa, diante da torcida, mesmo que conquistado pelos reservas, pode não apenas devolver o Athletico pela briga pela parte de cima da tabela do Brasileirão, como também servir como um ânimo à mais para a finalíssima da próxima quarta-feira.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

2020, como será?

Já estamos garantidos na Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, e qual será os objetivos para 2020? Libertadores é um destes objetivos, um sonho…

Brasileiro

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0,…