19 set 2019 - 14h11

Confira a repercussão do título da Copa do Brasil: artigos, vídeos e entrevistas

É CAMPEÃO! A sensação é indescritível e a ressaca, inegável, seja ela alcoólica ou não. Afinal, é inebriante acordar campeão de um título nacional inédito que garante tanto para o Clube.

Então, se você ainda está perdido no mar de informações e mídias que bombardeiam o atleticano nessa manhã pós-título, confira abaixo tudo o que você precisa ler, ver e ouvir sobre a noite mágica e histórica de 18 de setembro de 2019:

COMENTÁRIOS

“A história de Rony é de cinema. Mas a do Athletico é documentário de realidade fantástica. É roteiro programado. Original, não adaptado. Com efeitos especiais como seus atores de todos os lados das câmeras. Com enredo que parece de ficção. Mas é tudo verdade. É todo do Athletico. Mais um gigante que pensou grande. E passou de vez a ser mais um dos grandes.”

“Você pode duvidar, mas com o estádio que tem, com a estrutura que mantém, com os jogadores que possui, o Athletico Paranaense entra para o rol dos grandes clubes do Brasil.”

“O Athletico Paranaense merece o título da Copa do Brasil, não apenas pela campanha de 2019, em que eliminou o Flamengo e o Grêmio, mas principalmente pela construção de um clube especial. Da segunda divisão, em 1995, ao grupo de clubes mais poderosos do Brasil.”
“Com um 2º tempo mitológico, deu um banho nos gaúchos. O iluminado treinador Tiago Nunes, contrariando todos os dogmas, fez o Athletico dar o golpe final com, vejam só, Marcelo Cirino. E foi esse incrível Cirino, que em uma jogada pela esquerda, de letra, venceu a marcação. O seu passe pegou Rony, vindo de trás, para fazer o segundo gol. Foi o êxtase rubro-negro, o corolário perfeito que fez do Athletico um campeão do Brasil, mandando-o para a eternidade.”

“O Inter pagou caro por achar que seria capaz de sempre decidir em casa. Caiu justamente diante daquele que vai mal fora de casa, o Athletico que foi bem, e melhor, na hora exata”

“E esse título da Copa do Brasil foi tão merecido, mas tão merecido, que apesar do empate favorecer o Furacão, nada mais justo do que terminar com uma vitória com um gol no final, e depois de uma jogada simplesmente espetacular do Marcelo Cirino! Parabéns, Athletico, o futebol brasileiro agradece!”

“Esta foi a taça mais importante que o futebol paranaense ganhou, superando os títulos brasileiros do Coritiba, em 1985, e do próprio Furacão, em 2001.”

“Uma conquista que é inédita, de um clube que neste século já tem: um título brasileiro e um vice (2001 e 2004), um título da Copa do Brasil e um vice (2019 e 2013) e um título internacional e um vice (2018 e 2005).”

“Mas a vez era do Athletico, que entra definitivamente no grupo de grandes do futebol brasileiro. Com futebol atual e apagando de vez o asterisco que insistem em colocar ao justificar o sucesso do time paranaense com a grama sintética na Arena da Baixada. Mesmo eliminando o Flamengo no Maracanã. Agora não há mais desculpa.”

“”Que obra de arte foi aquela, Marcelo? Ali em você reencarnaram todos os meus antigos ídolos, devolvendo-me a infância de vez, que já vinha tomando conta desde antes da partida”

REPORTAGENS

“E a sensação provocada pelo golaço resistirá na Arena da Baixada. Marcelo Cirino foi quem incorporou a profecia cumprida em questão de segundos. Seu drible intraduzível serviu de anunciação à grandeza proclamada pelo Furacão”

“E principalmente, depois de tanto tempo e tantos ídolos, de Caju a Bruno Guimarães, passando por Washington-Assis e Alex Mineiro, sabe que – Athletico, Athletico – o Brasil e a América do Sul inteira conhecem seu valor”

“Ontem, quando o atacante Rony concluiu a jogada espetacular de Marcelo Cirino e definiu a conquista do título da Copa do Brasil para o Athletico Paranaense contra o Internacional, em Porto Alegre, aos 51 minutos do segundo tempo, o momento não ficou marcado como um azarão do Paraná vencendo um dos grandes favoritos na final, mas como a consolidação de um novo clube entre as maiores forças do Brasil.”

“O Athletico-PR é o campeão da Copa do Brasil 2019. Jogando fora de casa nesta quarta-feira, 18, no estádio Beira-Rio, o time paranaense venceu o Internacional por 2 a 1 e ficou com o título – já havia vencido por 1 a 0 no primeiro jogo da decisão na semana passada.”

“Desta vez, com duas vitórias sobre o Inter (3 a 1 no placar agregado), o Athletico chegou à segunda taça nacional e se consolidou como um dos “grandes” do país. Pelo caminho, derrubou gigantes como Flamengo e Grêmio.”

“O título da Copa do Brasil fez do Athletico-PR o primeiro representante do país garantido na Copa Libertadores de 2020. Será a sétima participação do clube no torneio, todas apenas nos anos 2000.”

“Em uma noite que ficará marcada na eternidade, o Athletico calou o imponente estádio Beira Rio completamente lotado e conquistou seu primeiro título da Copa do Brasil”

“Y logró la victoria en el descuento, cuando con los gaúchos volcados al ataque, Marcelo Cirino hizo una gran jugada en la izquierda y asistió a Rony, quien a placer, cerró el marcador. El gol del 2-1 se volvió viral en las redes sociales, que deliraron por la maniobra”

“When a team leads in the waning seconds of a cup final, it’s customary for players to dribble to the corner, kill off the clock and bleed out the remaining seconds until that final whistle blows. Athletico Paranaense’s Marcelo Cirino doesn’t play by those rules.”

 

ENTREVISTAS PÓS-TÍTULO

 

TODAS AS NARRAÇÕES DA DECISÃO

FOTOS DA FINAL

 

NO TWITTER

Assuntos: | |


Últimas Notícias

Opinião

Adeus ano “velho”!

  Lembro-me como se fosse hoje dos sentimentos experimentados no último Réveillon. Onde momentos antes de iniciar a contagem para receber 2019, me peguei agradecendo…

Opinião

De que são feitos os ídolos?

Quando Marco Ruben vestiu a camisa atleticana pela primeira vez, já era um ídolo rubro-negro. Simples assim. E não se trata da famosa gringolatria. Alguns…