29 set 2019 - 23h59

Furacão sai atrás, iguala marcador e pressiona, mas não sai do empate com a Chapecoense

Em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, time de Santa Catarina surpreendeu o Furacão no primeiro tempo. Mesmo com muitas chances reais de gol, Athletico converteu apenas um tento e não conseguiu a virada.

Campeão da Copa do Brasil e já classificado para a Libertadores de 2020, o Athletico busca a melhor colocação possível na competição nacional de pontos corridos. A Chapecoense, por sua vez, luta contra o Z-4 e tem como objetivo manter-se na primeira divisão.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Bruno Guimarães aproveitou sobra da bola dentro da pequena área, logo aos 3 minutos, mas perdeu a primeira chance incrível de abrir o marcador.

Aos 5, Márcio Azevedo chegou pela linha de fundo e cruzou rasteiro para a área. A bola passou pelo primeiro pau e Tiepo chegou para espalmar.

Aos 14 minutos, Nikão fez boa jogada pela direita e cruzou. A bola chegou em Cirino que encheu o pé e ela explodiu na zaga antes de sair para escanteio.

Após cobrança de escanteio, Léo Pereira mandou para a rede, mas o impedimento já estava marcado.

Rony recebeu pela esquerda e acionou Wellington, aos 24 minutos. O volante arriscou chute colocado no ângulo de Tiepo, mas não acertou o gol.

Na primeira chegada perigosa dos catarinenses ao gol de Santos, com 30 minutos decorridos, Elicarlos sofreu falta e cobrou com rapidez no campo de defesa. Em contra-ataque rápido, Bruno Pacheco tocou rasteiro e encontrou Arthur Gomes, que marcou o primeiro gol do jogo.

Quatro minutos depois, Cirino aproveitou a sobra do bate-rebate na área da Chape e encheu o pé, mas acertou a rede pelo lado de fora.

Mais um gol impedido marcado pelo Athletico. Bruno Guimarães pegou a bola na esquerda e jogou na área para Nikão cabecear para o gol.

Aos 46, Cirino recebeu de Léo Pereira e chutou forte pelo lado do gol da Chapecoense.

Na última oportunidade da primeira etapa, Nikão foi até a linha de fundo e cruzou para Cittadini. O camisa 18 tocou de cabeça e obrigou Tiepo a fazer grande defesa e evitar o gol de empate.

2º Tempo

A segunda etapa iniciou da mesma forma como acabou a primeira, com o Furacão pressionando.

Aos 3 minutos, Nikão emendou lindo voleio após sobra de cruzamento e a bola explodiu no travessão. Logo em seguida, Cirino recebeu de Azevedo e chutou para o gol, mas a finalização saiu mascada e a bola foi para escanteio.

Wellington fez belo lançamento para Rony, aos 6 minutos. O atacante matou no peito, ficou cara a cara com Tiepo e tocou por cima do goleiro e do gol.

Aos 11, enfim saiu o gol de empate. Nikão mandou um foguete da intermediária em cobrança de falta, a bola passou no meio da barreira e foi no canto esquerdo do goleiro Tiepo, que aceitou. 1 a 1.

Madson foi acionado em profundidade na direita, aos 27 minutos, e tocou para o meio da área na saída de Tiepo. Bola encontrou Cittadini que tocou para Cirino, mas a zaga da Chapecoense evitou a virada.

Mais uma bola na trave, agora aos 38 minutos. Após cobrança de escanteio, Marco Ruben testou no travessão. Segundo gol do Furacão não saiu por pouco.

Na última chance da partida, aos 46, Bruno Guimarães tocou para Pedrinho. O garoto mostrou habilidade e rabiscou, passou por dois marcadores, levou a bola para o meio da grande área e encheu o pé, mas ela passou por cima do gol.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2019 – 29/09/19 – Athletico 1 x 1 Chapecoense

Local: Arena da Baixada;

Árbitro: Thiago Peixoto (SP);

Horário: 19h00;

Cartões amarelos: Elicarlos (CHA).

Cartões vermelhos: não houve;

Gols: Arthur Gomes (30’ 1T) e Nikão (11’ 2T).

Athletico: Santos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Marco Ruben), Bruno Guimarães e Léo Cittadini (Everton Felipe); Nikão, Rony (Pedrinho) e Marcelo; TC: Tiago Nunes.

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto; Márcio Araújo, Camilo (Augusto), Elicarlos e Bruno Pacheco (Renato Kayzer); Everaldo e Dalberto (Arthur Gomes); TC: Marquinhos Santos

Próximos confrontos

O Furacão volta a campo no próximo sábado (19h00), contra o Bahia, fora de casa, pela 23ª rodada do Brasileirão.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Vamos nos ligar

Existe um rumor nos corredores das rádios piões de que o Tiago Nunes está sendo sondado pelo Internacional para substituir o atual técnico depois da…