18 out 2019 - 0h34

No Maraca a gente resolve

O Athletico venceu o Fluminense no estádio do Maracanã nesta noite de quinta (17), de virada, pelo placar de 2 a 1.

Quando se trata de Fluminense, vale o destaque para o técnico Tiago Nunes. Desde que assumiu o Furacão na metade de 2018 o comandante rubro-negro tem 100% de aproveitamento nos confrontos contra o tricolor carioca. São cinco jogos e cinco vitórias, sendo três pelo brasileirão (uma em 2018 e duas em 2019) e duas pela sul americana do ano passado, com apenas dois gols sofridos e 12 marcados.

Primeiro tempo

Além do histórico recente favorável, o Athletico vem jogando suas partidas com um pouco mais de tranquilidade, já que está com vaga garantida na libertadores do ano que vem.

Ainda mais contra um adversário que segue assombrado pela zona de rebaixamento, a partida desta quinta possuía todos os elementos para uma vitória tranquila do furacão.

Não foi.

Logo aos 3 minutos o homem do jogo teve o seu momento de vilão. Em uma ligeira falha de Madson o Fluminense abriu o placar no Maracanã.

O Athletico não sentiu o gol e foi para cima dos mandantes. Inclusive chegou a abrir o placar logo em seguida, aos 13 minutos com Rony. No entanto o gol foi anulado pelo VAR, que assinalou impedimento de Márcio Azevedo no lance.

O Furacão era melhor no jogo quando chegou a sofrer o segundo gol na partida. Mas desta vez o rubro-negro que foi salvo pelo VAR, que indicou impedimento de João Pedro no lance.

Quando tudo encaminhava para a vantagem dos mandantes no intervalo, após varias chances perdidas pelo furacão, Wellington tirou da cartola um lindo lançamento para Madson, que começou a sua redenção na noite. O lateral ganhou do marcador na velocidade, matou no peito e tocou no canto do goleiro Muriel.

Segundo tempo

Com o empate no placar o Athletico passou a explorar os contra-ataques do Fluminense. Os cariocas promoveram duas alterações logo aos 14 minutos e partiram para ataque. Mas quem marcou foi o Athletico.

De novo ele, de novo Madson. Rony bateu o escanteio na primeira trave e o lateral cabeceou sem chances para o goleiro Muriel.

Foi a primeira vez na carreira que Madson fez dois gols em uma partida. Inclusive, o número máximo de gols que o lateral já havia feito em uma temporada eram dois. Em 2019 já foram quatro. Os dois contra o Fluminense, um contra o Vasco e outro contra o CSA.

O Fluminense sentiu o gol e ameaçou pouco até o final da partida. As poucas vezes que chegou na área rubro-negra, parou nas mãos do goleiro Santos.

Próxima partida

No final de semana o Furacão volta a receber um dos postulantes ao título na Arena da Baixada. Desta vez o adversário será o Palmeiras. O duelo será no domingo (20) e terá início às 19hs.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Continuidade

Lamentações passadas, vamos nos concentrar para essa reta final de campeonato Brasileiro, e fazer uma boa partida contra o São Paulo em busca da classificação…