27 out 2019 - 19h23

Furacão impõe forte ritmo de jogo e volta a vencer na Arena

O Esmeraldino vinha de dois empates nas duas últimas rodadas e ainda sonha com vaga no G-6. Já classificado para a Libertadores da América de 2020, o Furacão almeja melhorar sua posição na tabela de classificação.

O técnico Tiago Nunes promoveu os retornos do goleiro Santos e do volante Léo Cittadini ao time titular. O comandante rubro-negro também teve à sua disposição o zagueiro Bambu, o volante Camacho – que volta a compor o elenco após cumprir suspensão de seis meses devido dopping – e o meia-atacante Nikão. Jonathan e Lucas Halter seguem no departamento médico.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Aos 5 minutos, Michael foi lançado na esquerda do ataque do Goiás, puxou para o meio e, da entrada da área, arriscou de perna direita para fora.

Em cobrança de escanteio, Thiago Heleno foi no terceiro andar e testou com força para a grande defesa de Tadeu. Foi a primeira boa chance rubro-negra, aos 10 minutos.

Aos 17, Rafael Vaz cobrou falta de muito longe, soltou uma pancada de canhota, mas Santos, bem colocado, fez segura defesa.

Marco Ruben foi lançado dentro da área e, mesmo de costas, sem ângulo, desviou de cabeça, aos 19. Tadeu espalmou para fora.

No minuto seguinte, mais um lançamento para Marco Ruben dentro da área. Dessa vez ele desviou para o lado, Rony dominou, fuzilou e saiu para comemorar. Mas o gol foi anulado porque o camisa 9 atleticano estava impedido.

Aos 22 minutos, lançamento longo para a velocidade de Michael. Ele brigou com os dois zagueiros do Athletico e a bola sobrou para Rafael Moura, que soltou forte chute. Bola passou rente à trave esquerda de Santos.

Jogo movimentado. Logo na sequência, o Athletico respondeu com Nikão, que ficou com a sobra de bola na área depois do escanteio e chutou de direita para a defesa segura de Tadeu.

Furacão chegou novamente com perigo aos 34 minutos. Cittadini finalizou de esquerda para a defesa de Tadeu e, no rebote, Marco Ruben chutou e Vaz tirou praticamente em cima da linha, de cabeça.

Aos 38, Rony foi lançado em velocidade, invadiu a área e teve cruzamento travado por Vaz. Na sequência, a bola ia sobrando para Marco Ruben, mas Tadeu deu um tapa nela e afastou o perigo.

Boa escapada de Léo Cittadini pelo meio, com 43 minutos. Ele se livrou de dois marcadores na frente da área e finalizou de esquerda. Tadeu caiu para fazer boa defesa.

2 minutos depois, saiu o primeiro gol do jogo. Numa das poucas escapadas na partida, o Goiás abriu o placar. Michael escapou pela esquerda e cruzou na medida para o ex-atleticano Rafael Moura cabecear no canto do goleiro Santos.

2º Tempo

Diferente do acontecido na primeira etapa, o Furacão soube aproveitar as chances que apreceram.

Logo nos primeiros segundos, Rony foi lançado na esquerda da área e bateu cruzado. A bola passou rente à trave esquerda de Tadeu.

Aos 2 minutos veio o gol de empte. Khellven cruzou da direita, Rony finalizou e, no rebote do goleiro, Léo Pereira empurrou para o fundo das redes. Tudo igual no marcador.

5 minutos depois, Rony foi lançado com muita liberdade. O camisa 7 disparou, invadiu a área e tocou com categoria no cantinho de Tadeu. Era a virada rubro-negra.

Só deu Furacão. Aos 16, boa jogada de Marco Ruben pela direita. Ele invadiu a área e rolou para trás para Cittadini chegar finalizando de primeira. Tadeu fez bela defesa, mas Adriano ficou com o rebote e estufou as redes do Goiás. 3 a 1!

Nikão recebeu aberto pela direita, aos 22, foi carregando e, da entrada da área, arriscou o chute para fora.

Aos 43 minutos, o arqueiro esmeraldino impediu outros dois gols atleticanos. Cruzamento pela esquerda, Braian Romero apareceu completamente livre na área e finalizau com força, mas Tadeu, à queima-roupa, salvou. Logo depois, Rony carregou com liberdade e finalizou no canto, para mais um milagre do goleiro.

Aos 48 minutos e no apgar das luzes, o goleiro da equipe goiana não conseguiu evitar o quarto gol. Rony foi lançado na esquerda da área e deu um toque inteligente para que Marco Ruben empurrasse para o fundo das redes. Goleada na Baixada!

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2019 – 27/10/19 – Athletico 4 x 1 Goiás

Local: Arena da Baixada;

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP);

Horário: 16h00;

Cartões amarelos: Khellven (CAP) e Breno (GOI).

Cartões vermelhos: não houve;

Gols: Rafael Moura (45’ 1T), Léo Pereira (2’ 2T), Rony (7’ 2T), Adriano (16’ 2T), Marco Ruben (48’ 2T).

Athletico: Santos; Khellven, Thiago Heleno, Léo Pereira e Adriano (Azevedo); Wellington (Camacho), Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão (Romero), Rony e Marco Ruben; TC: Tiago Nunes.

Goiás: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Breno (Marlone), Yago Felipe e Léo Sena (Trindade); Michael, Rafael Moura (Vinícius) e Leandro Barcia; TC: Ney Franco.

Próximo confronto

O Furacão volta a campo na próxima quinta-feira (21h30) contra o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 29ª rodada do Brasileirão.



Últimas Notícias

Brasileiro

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0,…