17 nov 2019 - 21h49

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0, marcado por Thonny Anderson, fez a equipe rubro-negra subir mais uma posição na classificação. O Furacão ultrapassou o São Paulo e agora é o 5º colocado com 53 pontos, apenas três atrás do G4.

Primeiro Tempo

O Athletico teve um amplo domínio sobre a equipe carioca, o resultado não refletiu o desempenho do rubro-negro em campo, que poderia ter vencido por um placar maior. O primeiro tempo foi inteiro da equipe atleticana, foram 11 finalizações rubro-negras contra apenas 1 do Botafogo, com quase 70% de posse de bola.

A chance de abrir o placar esteve nos pés de Marcelo Cirino, após o VAR recomendar e o árbitro assinalar pênalti, mas o atacante desperdiçou a cobrança chutando para fora. O rubro-negro não conseguiu levar perigo mesmo com todo o controle do jogo.

Segundo Tempo

Já na segunda etapa, o Athletico conseguiu levar muito mais perigo para a meta adversária. Nikão pegou mal e perdeu um gol dentro da pequena área logo no início do segundo tempo, logo depois foi a chance de Camacho, que acertou um bom chute de canhota de fora da área, mas a bola passou por cima.

Não demorou muito para o gol atleticano sair. Com bela jogada de Rony, Thonny Anderson recebeu dentro da área e mandou no cantinho de Diego Cavallieri, abrindo o placar da partida. A partir dali o Furacão controlou ainda mais, 10 minutos depois Thiago Heleno testou para o fundo das redes, porém o gol foi anulado pelo VAR, alegando um impedimento de Marcelo Cirino na jogada.

Até os 40 minutos da etapa final, o jogo parecia resolvido, a equipe do Botafogo não esboçava nenhuma reação. Mas o rubro-negro acabou recuando e causou um pouco de tensão no torcedor. O árbitro assinalou 5 minutos de acréscimos e nos 49 minutos, Diego Souza teve a bola do empate nos seus pés, com um chute passando muito perto da meta do goleiro Léo, foi a última chance e o jogo terminou ali.

Um ótimo público de 18.901 pessoas acompanhou a vitória rubro-negra na Arena da Baixada, respondendo a promoção de ingressos disponibilizada pela diretoria para a partida de hoje.

Campanha Impressionante

Os números da equipe atleticana são surpreendentes. A equipe aumentou a sequência de invencibilidade para 8 partidas, e mesmo com a classificação para a Libertadores garantida desde o início do segundo turno, o clube teve apenas uma derrota de lá para cá, para o líder Flamengo. O treinador interino Eduardo Barros acumula 2 vitórias e 1 empate, ainda sem saber o que é sofrer gols.

O próximo desafio é no domingo (24/11) às 16h, no estádio Mineirão contra o Atlético Mineiro, uma vitória pode deixar a equipe colada no G4 da competição.



Últimas Notícias

Notícias

De novo a dupla Fla x Flu

Há jogos que mesmo não sendo decisivos acabam sendo marcantes. Lógico que uma final, uma partida que valha vaga para uma fase aguda de uma…

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…