O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
21 jan 2020 - 14h02

De saída, Aspirantes e Principal

São três assuntos que estão neste dias em pauta no CAP.

O primeiro assunto é à renovação de Rony que pelo visto está se tornando mais um Dagoberto da vida, pois não quer renovar e forçar a sua saída como ocorreu no clube japonês e pior ainda nos deixando com uma divida caso a FIFA concorde que o clube nipônico tenha que ser ressarcido pelo CAP como divulga a mídia, e nesta questão sou à favor da dispensa dele ou venda para o Palmeiras, Corinthians ou quem o quiser comprar, porque desta forma o mandar para os Aspirantes é arrumar sarna para se coçar até o final da temporada.

O segundo assunto é o grupo de Aspirantes que para uma estréia, os 03 x 01 foram de bom tamanho, falta alguns ajustes, mas em vista dos nossos “rivais” locais, já deu ver que é mais um título na sala de troféus se melhorar a performance técnica. E não estou sendo soberbo, mas quem acompanhou este início de paranaense, percebeu que os choritibas, o grupo principal deles fede de ruim, e o Paraná depois desta temporada acho que nem mais vai existir, quanto aos do interior, só tem que fazer uns ajustes para dar resultados melhores.

Em relação ao grupo principal, pelo visto o Dorival Jr. foi para Argentina a fim de testar os jogadores do grupo e verificara a necessidade de novas contratações e se o esquema tático será promissor ou não, e neste ponto de visão, foi positivo, pois jogamos contra adversários de primeiro escalão e já podemos tirar algumas lições para realizar contratações e mudanças táticas. Fora isso temos que ter paciência com o novo comandante do CAP, que ao meu ver é um profissional experiente e capacitado para a sua função.

Pois, começamos como terminamos àstemporada passada, com problemas à serem resolvidos, com alegrias e tristezas no futebol. E neste embalo, iremos percorrer 2020, e acredito em um título conquistado, falo um título, porque este ano é tudo novo e está ocorrendo uma reformulação grande e talvez inesperada no clube no âmbito do futebol. Mas, o estadual, temos obrigação de vencer, pois os “adversários” da capital, não são páreos para o time de Aspirantes, que mesmo, mal, foi melhor que todos eles em sua estréia, com tudo novo no CAP este ano.

1924



Últimas Notícias

Notícias

Valeu, menino Rony!

Os olhos marejados não me deixavam apreciar o momento. A explosão em uma das maiores conquistas que já vivi, me faziam apenas ouvir um nome:…