O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
16 fev 2020 - 14h44

Tudo dentro da Estratégia

Perdemos a Supercopa. Não estou surpreso. O CAP tem uma estratégia e todas as suas ações contribuem para executá-la.
Em linhas gerais o objetivo principal do Clube consiste em: a) Maximizar o lucro. b) Maximizar o lucro.
Lucro = Receitas – Despesas.
Receitas = Vendas de Atletas + Premiações em campeonatos + Direitos de Transmissões
Despesas = Compra de atletas + Custos Operacionais.

Tenhamos em conta que perdemos muitos atletas e as poucas novas contratações ainda não encaixaram. O time A ainda está em formação.
Ora, a Supercopa premia 5 milhões ao vencedor e 2 milhões ao perdedor.

Para ter melhores chances de ganhar a Supercopa do mesmo Flamengo de 2019 o CAP teria que entrosar o time principal no Paranaense. Isso diminuiria a exposição dos atletas da base, reduzindo receitas futuras. Isso não estaria alinhado com a estratégia, muito a perder por apenas 3 milhões que nem certos seriam.

O CAP optou por expor a base no Paranaense com vista a valorizar atletas para venda futura e aproveitamento na equipe principal, o que para o clube renderá mais do que 3 milhões. Caso passe da fase de grupos da Libertadores contará com reforços da base no time A para a fase de mata-mata, valorizando ainda mais seus atletas para sua futura venda, rendendo mais que 3 milhões.

Em suma, apostar na Supercopa teria sido um péssimo negócio.

Resta-nos torcer para que o Paranaense gere algumas boas peças e que o time A sobreviva à fase de grupos da Libertadores. Essa é a aposta, que caso venha a concretizar-se nos dará uma equipe competitiva para brigar por títulos e receitas maiores em premiações.

A verdade é que a Supercopa não estava nos nossos planos. Girar atletas sim possui alinhamento estratégico e sabemos que nosso clube não dá ponto sem nó.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…