22 fev 2020 - 21h00

No último teste antes da Libertadores, Furacão goleia o Cascavel CR pelo Paranaense

O Athletico venceu a primeira partida sob o comando do técnico Dorival Júnior. O Furacão principal goleou o Cascavel CR por 5 a 1, na tarde deste sábado, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense.

Foi a terceira vez que o Rubro-Negro colocou em campo os titulares em jogos oficiais em 2020. Antes, o time tinha empatado com o Paraná, por 1 a 1 (Paranaense), e perdido para o Flamengo, por 3 a 0 (Supercopa).

O jogo contou com a estreia do goleiro Jandrei, emprestado pelo Genoa, da Itália. O jogador entrou na vaga de Santos que lesionou o joelho direito e vai desfalcar o Athletico de quatro a seis semanas.

Dorival usou a partida contra o Cascavel para corrigir erros e dar mais ritmo à equipe que vai disputar a Libertadores. A estreia do Furacão no torneio continental será contra o Peñarol dia 3 de março, terça-feira, às 21h30, no Caldeirão.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Logo aos 3 minutos, Thiago Heleno fez lançamento longo para Nikão na direita. O meia-atacante se livrou da marcação e chutou na saída do goleiro Fernando, pro fundo das redes! 1 a 0.

Aos 7, Niikão lançou na área, na cabeça de Bissoli, que testou firme e Fernando fez bonita defesa. Quase mais um do Furacão!

Rone fez boa jogada, limpou a marcação, invadiu a área e empatou para o Cascavel, aos 17 minutos. 1 a 1.

Mas nem deu tempo do torcedor rubro-negro lamentar. 2 minutos depois do empate, após escanteio de Nikão da direita, Bissoli cabeceou sozinho e exigiu grande defesa de Fernando.

No minuto seguinte, Carlos Eduardo aproveitou a falha de Válber, avançou pela esquerda e tocou rasteiro para Bissoli, sozinho, que só completou para a rede! 2 a 1.

Aos 26, Adriano avançou pela direita e soltou uma bomba de fora da área, mas mandou à esquerda do gol.

Athletico continuou com o domínio da partida, controlando o jogo e com maior posse de bola.

Adriano tocou para Carlos Eduardo na esquerda. Ele limpou a marcação e bateu cruzado, rasteiro, de esquerda, mas para fora. Foi o último lance agudo da primeira etapa, aos 43 minutos.

2º Tempo

Lucy jogou na área, Diego Lopes cabeceou e quase marcou, logo aos 4 minutos.

Aos 18, Cittadini tabelou com Bissoli na entrada da área e foi derrubado com falta. O Zagueiro Fernando recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

O Furacão aproveitou a vantagem numérica em campo e 3 minutos depois, Adriano fez levantamento na medida e Bissoli caprichou no cabeceio para marcar o segundo dele na partida! 3 a 1.

Aos 27, Thiago Heleno chutou de longe e carimbou a trave.

Carlos Eduardo carregou a bola e soltou uma bomba de fora da área, sem qualquer chance para Fernando Nunes! Golaço na Arena, aos 30 minutos! 4 a 1.

Com 42 minutos, após cruzamento da direita, Bissoli saiu na cara do gol, mas não pegou bem na bola e mandou para fora.

E para fechar a goleada, Marquinhos Gabriel cruzou da esquerda, à meia altura para Nikão, que se jogou e fez de peito o quinto gol do Furacão, aos 47!

Fim de jogo, 5 a 1 Athletico!

Ficha técnica

Campeonato Paranaense – 22/02/2020 – Athletico 5 x 1 Cascavel CR

Local: Arena da Baixada.

Horário: 17h00.

Árbitro: Ivan Correa Laureano.

Cartões amarelos: Márcio Azevedo, Thiado Heleno (CAP);  Fernando, Renê (CCR).

Cartões vermelhos: Fernando (CCR).

Gols: Nikão (3’ 1T), Rone (17’ 1T), Bissoli (20’ 1T), Bissoli (21’ 2T), Carlos Eduardo (30’ 2T) e Nikão (47’ 2T).

Público: 9.462.

Athletico: Jandrei; Adriano (Vitinho), Thiago Heleno, Bambu, Márcio Azevedo; Wellington (Christian), Erick (Marquinhos Gabriel), Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Bissoli; TC: Dorival Júnior.

Cascavel: Fernando Nunes; Válber (Wagner Lapa), Cristian, Fernando e Ramon (Igor); Diego Lopes, Lorran, Renê e Lucy; Rone e Louback (Marcão); TC: Ageu.

Próximo confronto

O Athletico volta a campo, desta vez com o time de aspirantes, contra o Operário, peo Campeonato Paranaense.

O jogo está marcado para o dia 1º de março, domingo, às 16h00, no Estádio Germano Krüger.



Últimas Notícias

Notícias

De novo a dupla Fla x Flu

Há jogos que mesmo não sendo decisivos acabam sendo marcantes. Lógico que uma final, uma partida que valha vaga para uma fase aguda de uma…

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…