22 fev 2020 - 21h00

No último teste antes da Libertadores, Furacão goleia o Cascavel CR pelo Paranaense

O Athletico venceu a primeira partida sob o comando do técnico Dorival Júnior. O Furacão principal goleou o Cascavel CR por 5 a 1, na tarde deste sábado, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense.

Foi a terceira vez que o Rubro-Negro colocou em campo os titulares em jogos oficiais em 2020. Antes, o time tinha empatado com o Paraná, por 1 a 1 (Paranaense), e perdido para o Flamengo, por 3 a 0 (Supercopa).

O jogo contou com a estreia do goleiro Jandrei, emprestado pelo Genoa, da Itália. O jogador entrou na vaga de Santos que lesionou o joelho direito e vai desfalcar o Athletico de quatro a seis semanas.

Dorival usou a partida contra o Cascavel para corrigir erros e dar mais ritmo à equipe que vai disputar a Libertadores. A estreia do Furacão no torneio continental será contra o Peñarol dia 3 de março, terça-feira, às 21h30, no Caldeirão.

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Logo aos 3 minutos, Thiago Heleno fez lançamento longo para Nikão na direita. O meia-atacante se livrou da marcação e chutou na saída do goleiro Fernando, pro fundo das redes! 1 a 0.

Aos 7, Niikão lançou na área, na cabeça de Bissoli, que testou firme e Fernando fez bonita defesa. Quase mais um do Furacão!

Rone fez boa jogada, limpou a marcação, invadiu a área e empatou para o Cascavel, aos 17 minutos. 1 a 1.

Mas nem deu tempo do torcedor rubro-negro lamentar. 2 minutos depois do empate, após escanteio de Nikão da direita, Bissoli cabeceou sozinho e exigiu grande defesa de Fernando.

No minuto seguinte, Carlos Eduardo aproveitou a falha de Válber, avançou pela esquerda e tocou rasteiro para Bissoli, sozinho, que só completou para a rede! 2 a 1.

Aos 26, Adriano avançou pela direita e soltou uma bomba de fora da área, mas mandou à esquerda do gol.

Athletico continuou com o domínio da partida, controlando o jogo e com maior posse de bola.

Adriano tocou para Carlos Eduardo na esquerda. Ele limpou a marcação e bateu cruzado, rasteiro, de esquerda, mas para fora. Foi o último lance agudo da primeira etapa, aos 43 minutos.

2º Tempo

Lucy jogou na área, Diego Lopes cabeceou e quase marcou, logo aos 4 minutos.

Aos 18, Cittadini tabelou com Bissoli na entrada da área e foi derrubado com falta. O Zagueiro Fernando recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

O Furacão aproveitou a vantagem numérica em campo e 3 minutos depois, Adriano fez levantamento na medida e Bissoli caprichou no cabeceio para marcar o segundo dele na partida! 3 a 1.

Aos 27, Thiago Heleno chutou de longe e carimbou a trave.

Carlos Eduardo carregou a bola e soltou uma bomba de fora da área, sem qualquer chance para Fernando Nunes! Golaço na Arena, aos 30 minutos! 4 a 1.

Com 42 minutos, após cruzamento da direita, Bissoli saiu na cara do gol, mas não pegou bem na bola e mandou para fora.

E para fechar a goleada, Marquinhos Gabriel cruzou da esquerda, à meia altura para Nikão, que se jogou e fez de peito o quinto gol do Furacão, aos 47!

Fim de jogo, 5 a 1 Athletico!

Ficha técnica

Campeonato Paranaense – 22/02/2020 – Athletico 5 x 1 Cascavel CR

Local: Arena da Baixada.

Horário: 17h00.

Árbitro: Ivan Correa Laureano.

Cartões amarelos: Márcio Azevedo, Thiado Heleno (CAP);  Fernando, Renê (CCR).

Cartões vermelhos: Fernando (CCR).

Gols: Nikão (3’ 1T), Rone (17’ 1T), Bissoli (20’ 1T), Bissoli (21’ 2T), Carlos Eduardo (30’ 2T) e Nikão (47’ 2T).

Público: 9.462.

Athletico: Jandrei; Adriano (Vitinho), Thiago Heleno, Bambu, Márcio Azevedo; Wellington (Christian), Erick (Marquinhos Gabriel), Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Bissoli; TC: Dorival Júnior.

Cascavel: Fernando Nunes; Válber (Wagner Lapa), Cristian, Fernando e Ramon (Igor); Diego Lopes, Lorran, Renê e Lucy; Rone e Louback (Marcão); TC: Ageu.

Próximo confronto

O Athletico volta a campo, desta vez com o time de aspirantes, contra o Operário, peo Campeonato Paranaense.

O jogo está marcado para o dia 1º de março, domingo, às 16h00, no Estádio Germano Krüger.



Últimas Notícias

Opinião

Parabéns Athletico

Não é fácil passar o aniversário de quem a gente ama separados. A distância dói e nas datas especiais o coração aperta ainda mais. Aquela…

Fala, Atleticano

Melancólico

Sim, Perdemos… O time rubro negro, perdeu de 4×0 para o nosso maior rival, alias mereceu perder, não vi o jogo, assim como nenhum torcedor…