26 mar 2020 - 12h15

Parabéns, Athletico

Não é fácil passar o aniversário de quem a gente ama separados. A distância dói e nas datas especiais o coração aperta ainda mais. Aquela vontade de dar um abraço apertado e um sorriso dobrado de amor sem fim.

Athletico é prosa.

Furacão é poesia.

Mais do que nunca sabemos hoje o significado do só eu sei porque eu não fico em casa! Uma reclusão forçada porém necessária nos distancia do nosso amor.

No céu no inferno, aonde for(…….)nascer viver, mais que torcer, atleticano até morrer! Em casa, especialmente em casa neste delicado momento, mantemos acesa e viva a chama que incendeia nossos corações.

Hoje excepcionalmente não vai ter festa na Baixada, então quem quiser não pode chegar. De toda forma o rubro-negro vem de longe pra poder nos alegrar. Alegra nossos dias, nos põe um sorriso no rosto.

Cada um tem um lance pra lembrar. Um não, vários. O terceiro dos três gols de Alex Mineiro na semi-final de 2001 sobre o Fluminense, o pênalti na trave do Fabrício na final da Libertadores no Morumbi, o porco pintado de verde num Atletiba no Couto em 1990, os minutos de olé sobre o Grêmio na Baixada com direito a golaço do Michel, Cocito tirando uma bola em cima da linha e comemorando pendurado na rede como se tivesse feito um gol contra o São Caetano, o chute por sobre a trave já no segundo tempo da prorrogação na final da Sulamericana, a explosão no tiro de meta que foi o penal convertido por Thiago Heleno, o drible de Marcelo Cirino e o gol de Rony no Beira Rio.

Momentos únicos, singelos. Para alguns só um lance, para outros momentos que ficam até hoje na memória.

Hoje é dia de lembrar e comemorar cada lance marcante, cada vitória, cada feito do presente e cada glória do passado. Hoje é dia do Clube Athletico Paranaense, o grande amor de nossas vidas.

#Athletico96anos #FuracaoEmCasa



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…