O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
2 maio 2020 - 18h15

Cada vez mais campeão e a receita com associados ainda longe do ideal

O motivo para isso é a setorização da Baixada.

Hoje, o plano de sócios utiliza boa parte da reta (GV superior, nos primeiros anos da Arena de 99 era o único com cadeiras) – setor nobre – com preço mais baixo do que nas duas curvas do outro lado (BI x CD e BI x BA) e atrás dos gols, por exemplo.

Com alguns ajustes de setorização, certamente teríamos mais renda e mais público, isso se faz com preços diferentes – fator fundamental para manter os associados – inclusive em momentos de crise mundial.

A sugestão de valores/setorização do mais caro para o mais barato nessa ordem:
1º retas inferiores (BI e GV);
2º retas superiores (BI e GV);
3º gol inferior (CD);
4º curvas inferiores (as 4 curvas);
5º gol inferior sem cadeiras – torcida organizada (BA);
6º gol superior (BA);
7º curvas superiores (as 4 curvas)
Gol superior (CD) para torcida visitante no lado oposto da torcida organizada para facilitar acessos e como é no mundo todo.

Já a receita com bilheteria foi a maior da história, porém é exceção e o motivo é a crença que ingresso caro força associação, isso é uma grande bobagem, o que força associação é ter medo de não ver jogos do clube por lotação do estádio.

O equívoco do preço alto é provado em três jogos do Campeonato Brasileiro de 2019:
R$150 contra o Cruzeiro = 1036 vendidos = renda de R$78.575;
R$100 contra o Botafogo = 7149 vendidos = renda de R$358.125;
R$50 contra o Grêmio = 8968 vendidos = renda de R$452.925.

No valor mais baixo teve o maior público e a maior renda.

Histórico das últimas temporadas na Arena ampliada e da Arena/99:

Ano Associados Bilheteria Associados + Bilheteria
2019 R$ 26.415.000,00 R$ 23.522.000,00 R$ 49.937.000,00
2018 R$ 21.624.371,00 R$ 8.737.000,00 R$ 30.361.371,00
2017 R$ 26.022.343,00 R$ 10.654.359,00 R$ 36.676.702,00
2016 R$ 28.500.951,00 R$ 7.931.008,00 R$ 36.431.959,00
2015 R$ 28.908.629,00 R$ 5.788.671,00 R$ 34.697.300,00

Ano Associados Bilheteria Associados + Bilheteria
2011 R$ 10.171.893,00 R$ 4.109.485,00 R$ 14.281.378,00
2010 R$ 10.814.168,00 R$ 4.796.168,00 R$ 15.610.336,00
2009 R$ 5.370.757,00 R$ 6.188.163,00 R$ 11.558.920,00
2008 R$ 2.853.143,00 R$ 5.261.908,00 R$ 8.115.051,00
2007 R$ 2.084.186,00 R$ 1.707.213,00 R$ 3.791.399,00

SRN!!!



Últimas Notícias

Opinião

Um Athletico! Uma vida!

E lá se vão 49 anos. Isso aí, 49! Ano do Furacão! E como vivi esse Athetico! E como estou vivendo, feliz e não menos…