O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
2 maio 2020 - 18h15

Cada vez mais campeão e a receita com associados ainda longe do ideal

O motivo para isso é a setorização da Baixada.

Hoje, o plano de sócios utiliza boa parte da reta (GV superior, nos primeiros anos da Arena de 99 era o único com cadeiras) – setor nobre – com preço mais baixo do que nas duas curvas do outro lado (BI x CD e BI x BA) e atrás dos gols, por exemplo.

Com alguns ajustes de setorização, certamente teríamos mais renda e mais público, isso se faz com preços diferentes – fator fundamental para manter os associados – inclusive em momentos de crise mundial.

A sugestão de valores/setorização do mais caro para o mais barato nessa ordem:
1º retas inferiores (BI e GV);
2º retas superiores (BI e GV);
3º gol inferior (CD);
4º curvas inferiores (as 4 curvas);
5º gol inferior sem cadeiras – torcida organizada (BA);
6º gol superior (BA);
7º curvas superiores (as 4 curvas)
Gol superior (CD) para torcida visitante no lado oposto da torcida organizada para facilitar acessos e como é no mundo todo.

Já a receita com bilheteria foi a maior da história, porém é exceção e o motivo é a crença que ingresso caro força associação, isso é uma grande bobagem, o que força associação é ter medo de não ver jogos do clube por lotação do estádio.

O equívoco do preço alto é provado em três jogos do Campeonato Brasileiro de 2019:
R$150 contra o Cruzeiro = 1036 vendidos = renda de R$78.575;
R$100 contra o Botafogo = 7149 vendidos = renda de R$358.125;
R$50 contra o Grêmio = 8968 vendidos = renda de R$452.925.

No valor mais baixo teve o maior público e a maior renda.

Histórico das últimas temporadas na Arena ampliada e da Arena/99:

Ano Associados Bilheteria Associados + Bilheteria
2019 R$ 26.415.000,00 R$ 23.522.000,00 R$ 49.937.000,00
2018 R$ 21.624.371,00 R$ 8.737.000,00 R$ 30.361.371,00
2017 R$ 26.022.343,00 R$ 10.654.359,00 R$ 36.676.702,00
2016 R$ 28.500.951,00 R$ 7.931.008,00 R$ 36.431.959,00
2015 R$ 28.908.629,00 R$ 5.788.671,00 R$ 34.697.300,00

Ano Associados Bilheteria Associados + Bilheteria
2011 R$ 10.171.893,00 R$ 4.109.485,00 R$ 14.281.378,00
2010 R$ 10.814.168,00 R$ 4.796.168,00 R$ 15.610.336,00
2009 R$ 5.370.757,00 R$ 6.188.163,00 R$ 11.558.920,00
2008 R$ 2.853.143,00 R$ 5.261.908,00 R$ 8.115.051,00
2007 R$ 2.084.186,00 R$ 1.707.213,00 R$ 3.791.399,00

SRN!!!



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…