8 ago 2020 - 20h52

Na estreia do Brasileirão, Furacão impõe seu ritmo, domina partida e vence o Fortaleza

O Furacão chega para a disputa do Campeonato Brasileiro embalado após título paranaense conquistado sobre o maior rival.

O Fortaleza vive boa expectativa para temporada 2020 após ótima – e até surpreendente – campanha no ano passado, na qual encerrou a competição em 9º lugar.

Pela maratona de jogos que estão por vir, o Athletico deve promover mudanças na equipe titular ao longo da temporada.

Após seis jogos em dezoito dias, alguns jogadores foram poupados para a estreia. Santos, Thiago Heleno, Wellington, Marquinhos Gabriel e Bissoli não foram relacionados. Erick e Márcio Azevedo estão vetados pelo departamento médico. O zagueiro Edu, o volante Jaime Alvarado e o atacante Walter ainda terão que esperar para estrear com o manto rubro-negro.

Por outro lado, o técnico Dorival Junior poderá contar com os reforços de Felipe Aguilar e Pedro Henrique (Zagueiros), Richard (volante) e Geuvânio (atacante).

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

A primeira grande chance da partida foi rubro-negra, aos 2 minutos. Felipe Alves saiu jogando errado, Vitinho roubou a bola e soltou para Mingotti, mas o próprio goleiro conseguiu travar a jogada e evitar a finalização.

Aos 13 minutos, Cittadini arriscou chute de fora da área, mas não pegou bem e a bola foi pela linha de fundo.

Era o Athletico quem pressionava. E aos 21, Jonathan fez bom cruzamento na segunda trave e Vitinho finalizou para o fundo das redes. Primeiro gol do Brasileirão – 1 a 0 Furacão!

E o tricampeão paranaense domimava o jogo. Após outra boa jogada do ataque, Mingotti encontrou Nikão que chutou de primeira. A bola passou muito perto da trave. Quase o segundo, aos 31.

Com 37 minutos, Wellington Paulista recebeu de Romarinho e chutou. Jandrei fez uma defesaça e evitou o empate!

Defesa do Leão falhou novamente. Quintero perdeu a bola que sobrou para Nikão dividir com Felipe Alves. Marcado impedimento.

Aos 43, Nikão recebeu pela direita, mas foi travado na hora do chute. Na sobra, Canesin chutou de primeira, por cima do gol.

E nos acréscimos, Mingotti recebeu belíssimo passe de Nikão, tocou na saída de Felipe Alves e Cittadini apareceu para cutucar para o fundo das redes. 2 a 0!

2º Tempo

Furacão trocou passes e administrou tranquilamente a vantagem construída.

A situação piorou ainda mais para o time da casa depois que Quintero agrediu Nikão e recebeu cartão vermelho direto, aos 24 minutos.

Nikão cobrou falta frontal ao gol adversário com força e Felipe Alves fez a defesa de soco, afastando perigo.

Aos 30, Romarinho arriscou de longe e Jandrei fez tranquila defesa.

Cruzamento na área e Paulão cabeou para fora, sem perigo. 43 minutos.

Levantamento na área, Nikão ajeitou de cabeça para Lucho González que chutou de primeira. A bola passou muito próximo da trave e do ângulo direito de Felipe Alves.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro – 08/08/2020 – 1ª Rodada

Fortaleza 0 X 2 Athletico

Local: Castelão.

Horário: 19h00.

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC).

Cartões amarelos: Dorival Junior, Kawan e Christian (CAP); Juninho, Derley e Paulão (FOR).

Cartões vermelhos: Quintero (FOR).

Gols: Vitinho (21’ 1T), Cittadini (47’ 1T)

Athletico: Jandrei; Jonathan (Khellven), Felipe Aguilar, Zé Ivaldo e Abner Vinícius; Richard (Kawan), Léo Cittadini (Carlos Eduardo) e Fernando Canesin (Christian); Nikão, Vitinho e Mingotti (Lucho González). TC: Dorival Júnior.

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho (Tiago Orobó), Felipe e Romarinho (Derley); David (Jackson), Osvaldo (Marlon) e Wellington Paulista (Yuri César). TC: Rogério Ceni.

Próximo confronto

O Furacão faz sua estreia no Brasileirão 2020 em seus domínios na próxima rodada, contra o Goiás.

A partida na Arena da Baixada está marcada para o dia 12/08, quarta-feira, às 19h15.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…