12 ago 2020 - 10h59

Athletico enfrenta um desfalcado Goiás na 2ª rodada do Brasileirão

Após boa vitória fora de casa por 2×0 contra o Fortaleza, na estreia do Brasileirão 2020, o Athletico enfrentará o Goiás, na Arena da Baixada, às 19h15 desta quarta (12).

O adversário terá inúmeros problemas devido a testagem positiva de doze jogadores a COVID-19, o que impediu a realização da partida do time goiano pela 1ª rodada, contra o São Paulo (jogo esse adiado minutos antes do horário marcado).

Já o Athletico terá o retorno de jogadores considerados titulares, como Wellington e Marquinhos Gabriel, poupados após a conquista do tricampeonato estadual, há uma semana. Assim, conta com força máxima para sua estreia no certame nacional na Arena da Baixada. A dúvida fica pela presença do atacante Guilherme Bissoli, que se recupera de lesão; não tendo ele condições de atuar, seu substituto deve ser Vinicius Mingotti, que fez bom jogo contra o Fortaleza, agradando a comissão técnica.

ESCALAÇÕES

Segundo o globoesporte.com, Athletico e Goiás devem levar a campo as seguintes equipes:

CAP: Santos; Abner, Felipe Aguilar, Thiago Heleno, Jonathan (Khellven); Wellington, Léo Cittadini, Vitinho (Carlos Eduardo) e Nikão; Vinicius Mingotti. Técnico: Dorival Júnior.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Heron, Rafael Vaz, Fábio Sanches, Yago Rocha; Breno, Luis Gustavo (Thalles), Daniel Bessa, Victor Andrade, Vinícius; Douglas Baggio. Técnico: Ney Franco.

TRANSMISSÃO

Mário Celso Petraglia chegou a anunciar, em sua conta no Twitter, que o Athletico transmitiria a partida contra o Goiás em seu streaming, Furacão Play, inclusive marcando o lançamento de um sócio exclusivo para o acesso às transmissões do clube pela plataforma. Porém, pouco depois, uma decisão judicial acatando pedido da Rede Globo impediu que o clube transmitisse a partida.

Trata-se de apenas mais um capítulo da briga por direitos de imagens que deve de estender por boa parte dessa temporada, considerando não apenas a divisão de direitos de transmissão entre Turner e Rede Globo, como também a Medida Provisória nº 984, editada pelo Governo Federal, que mudou a regra antes vigente mas pode não prosperar no Congresso Nacional.

Assim, uma vez que o Athletico foi o único clube a não assinar acordo com o canal Premiere (PPV), a partida dessa noite não contará com transmissão no território nacional.

O QUE ESPERAR

A vitória na estreia permitiu ao Furacão assumir a liderança da primeira rodada, o que, se por um lado não permite qualquer conclusão precipitada, por outro significou a conquista de três pontos importantes, fora de casa, e contra um clube (Fortaleza) que deve fazer campanha regular, tirando pontos de grandes times quando jogar em seus domínios.

Nessa segunda rodada, o Athletico tem tudo para fazer um bom jogo. Trás a confiança do título estadual e da ótima estreia, conta com o retorno de jogadores importantes, joga na Arena da Baixada – onde fez suas melhores apresentações em 2020 – e enfrenta um time muito desfalcado, sem oito titulares. Perder pontos numa partida nessas condições certamente será algo a se lamentar ao final do Campeonato, independente do objetivo traçado.

É favorito, portanto, mas deverá jogar como tal. Deve vencer e convencer. Embora o jogo seja sem público e sem transmissão, espera-se do Athletico uma partida que valide sua superioridade em relação a adversários com menos ambições, o que não ocorreu nas finais do Campeonato Estadual.

Após fazer um bom jogo com um time misto na rodada passada, Dorival Júnior deverá se mostrar capaz de fazer o Athletico jogar ofensivamente, dando verticalidade que vá além da posse de bola que marca a tática do clube na temporada, provando que pode fazer frente à adversários mais fortes, visando os objetivos no Campeonato Brasileiro e na Libertadores da América.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…