4 out 2020 - 19h09

Com time misto, o Furacão tropeça no Maracanã

Santos [foto: CBF/Lucas Figueiredo]
Após uma primeira etapa equilibrada, com grandes chances perdidas pelo Athletico, Flamengo começa o segundo tempo acelerando e vence por 3 a 1, sob chuva no Rio de Janeiro.

Eduardo Barros promoveu um grande rodízio no elenco nessa tarde, apenas Santos e Abner foram titulares, os demais foram poupados.

Pelo lado do Flamengo, também um time diferente do titular jogou a primeira etapa, ainda em função do COVID-19 que assolou a Gávea.

O Furacão iniciou marcando avançado, com muito gás da garotada, com linhas altas dando impressão de que poderia haver uma surpresa no Maracanã.

Confira como foi o jogo.

NA TRAVE – Já no minuto inicial, com uma bola errada na saída do goleiro Hugo, Alvarado acertou o poste direito do Flamengo, com Jorginho isolando o rebote.

HUGO SALVA – Aos 13, Abner em diagonal chuta rasteiro e Hugo Salva o Flamengo fazendo importante defesa.

VAR EM AÇÃO – Aos 23, após marcar a penalidade a favor do Athletico, o VAR aciona o árbitro que revisa o lance, marca falta fora da área e dá cartão amarelo para Gabriel Noga. Na cobrança, Kayzer exige boa defesa de Hugo que desvia pra escanteio.

SANTOS VOA – Aos 34, Aguilar comete falta em Bruno Henrique na entrada da área. Arrascaeta cobra com perfeição tirando da barreira, mas Santos, em grande, fase voa para defender. No rebote, Pedro perde a bola.
Fim de primeiro tempo, havia esperança, mas o Flamengo volta com o cara que iria mudar o jogo, Everton Ribeiro.

SANTOS DE NOVO – No minuto inicial, Everton dispara um belo chute de fora da área, acerta o ângulo, obriga Santos a fazer belíssima defesa, justificando a sua convocação pra Seleção Brasileira.

QUASE – Após triangulação rápida do Flamengo, aos 5, a bola sobra pra Pedro que chuta e mais uma vez, Santos salva segurando com firmeza.

CORTA SANTOS – Aos 6, Santos é obrigado a se arrojar numa saída com o pé para cortar uma inversão de bola que deixaria Bruno Henrique cara a cara com o gol.

GOL DO FLAMENGO – Pedro domina e gira fácil em cima de Zé Ivaldo e toca na saída de Santos, abrindo o placar.

PÊNALTI PRO FLAMENGO – Aos 12, um chute desvia na mão de Léo Gomes e a penalidade é assinalada, aos 13, Bruno Henrique bate firme e forte no canto esquerdo de Santos, marcando o segundo.

KAYZER!!! – Aos 22, falta da intermediária direita cobrada por Jorginho, desvio de Kayzer e diminuição da vantagem.

ÚLTIMO GOLPE – Aos 31, Everton Ribeiro chuta forte cruzado da direita, a bola desvia em Zé Ivaldo e deixa Santos sem reação, 3 a 1, Flamengo.

A partir daí o Flamengo diminuiu o ritmo, administrou e o Athletico tentou desorganizadamente produzir algo mas nada efetivo.
Num jogo de gols só no segundo tempo, o que se constata é que o Furacão segue brigando pelo meio da tabela, enquanto o Flamengo cresce na competição.

FICHA TÉCNICA
Flamengo: Hugo Souza, Isla, Gabriel Noga, Natan e Filipe Luís (Ramon); Willian Arão, Gerson e Arrascaeta (Diego); Vitinho (Everton Ribeiro), Pedro (Lincoln) e Bruno Henrique (Michael). Técnico: Jordi Gris.
Athletico: Santos, Léo Gomes (Wellington), Zé Ivaldo, Aguilar e Abner; Alvarado (Ravanelli), Richard (Christian), Lucho (Erick) e Jorginho (Walter); Carlos Eduardo e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros
Cartões Amarelos: Gabriel Noga, Filipe Luís, Bruno Henrique, Wellington, Richard, Christian e Erick.
Gols: Pedro, Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Renato Kayzer

Próximo jogo
Athletico x Ceará, Arena da Baixada, 08/10/2020



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…