11 out 2020 - 22h43

No reencontro com o Beira-Rio, Athletico pressiona, desperdiça chances e acumula quarto jogo seguido sem vitória

O Athletico retornou ao palco da memorável conquista nacional. Do elenco atual, apenas Cittadini estava na final da Copa do Brasil e foi titular no confronto de hoje.

O resultado não foi como o daquela histórica noite no Beira-Rio e o Furacão acumulou a quarta partida seguida sem vencer, ainda que com boa atuação da equipe rubro-negra, principalmente na segunda etapa.

Eduardo Barros não pôde contar com Santos (convocado para Seleção), Márcio Azevedo (com dores no joelho), Nikão (recuperando-se de entorse no tornozelo) e Wellington e Geuvânio (suspensos).

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Logo aos 6 minutos, escanteio curto cobrado e Thiago Galhardo, o artilheiro do Brasileirão, nem saiu do chão para cabecear no cantinho de Jandrei. Inter 1 a 0.

O Athletico tentou chegar com Cittadini, aos 25, após cruzamento rasteiro de Abner, mas a finalização saiu fraca, sem perigo, para defesa de Lomba.

Aos 35, Marcos Guilherme desperdiçou grande chance de ampliar. Pedro Henrique tentou sair jogando e foi desarmado. Galhardo entrou na área e cruzou, mas Jandrei fez o corte, com o pé, e no rebote o ex-jogador atleticano finalizou e a bola desviou, saindo para escanteio.

No lance seguinte, escanteio cobrado e a defesa afastou parcialmente. Heitor mandou por cima da marcação e Abel Hernández, livre, cabeceou por cobertura, para fazer 2 a 0.

KAYZER! No final da primeira etapa, Carlos Eduardo arrancou pela direita e cruzou. Kayzer, muito bem colocado, apareceu entre os zagueiros para cabecer firme, no canto de Lomba. 2 a 1.

2º Tempo

Inter voltou pressionando o Athletico. Marcos Guilherme recebeu lançamento na direita e cruzou rasteiro. Abel Hernández finalizou na pequena área e Jandrei fez uma defesaça.

Galhardo quase deixou o segundo dele aos 22 minutos, após cruzamento de Moisés em cobrança de falta. O atacante se antecipaou à marcação e cabeceou com muito perigo.

O Athletico respondeu rápido. Jonathan invadiu a área após bela jogada, passando pelos marcadores, e bateu rasteiro, mas foi bloqueado pela marcação.

Aos 30, Marcos Guilherme perdeu outra chance após boa trama ofensiva colorada. Ele recebeu livre na frente, mas finalizou sem muita força, para segura defesa de Jandrei.

Quatro minutos depois, Christian avançou pela direita e chutou forte, cruzado. Lomba não alcançou, mas a bola passou rente à trave.

Eduardo Barros colocou o time todo no ataque, tentando o gol de empate.

NO TRAVESSÃO! Ravanelli cobrou falta da intermediária com muita categoria. A bola explodiu no travessão. Eram 41 minutos.

Mais um minuto e Pedrinho avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Walter não conseguiu pegar em cheio na bola e desperdiçou ótima chance.

MILAGRE! Aos 47, cruzamento da esquerda, Kayzer finalizou meio desajeitado e Lomba tirou quase de dentro do gol. Na sequência, Fabinho chutou à queima-roupa e o goleiro salvou mais uma vez. Incrível chance desperdiçada.

Apesar de uma boa e movimentada segunda etapa, com chances reais de gols criadas pelo Furacão, o time amargou mais uma derrota.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro – 11/10/2020 – 15ª Rodada

Internacional 2 X 1 Athletico

Local: Beira-Rio.

Horário: 20h30.

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ).

Cartões amarelos: Heitor, D’Alessandro (INT).

Cartões vermelhos: – .

Gols: Thiago Galhardo (6’ 1T), Abel Hernández (35’ 1T), Kayzer (41’ 1T).

Athletico: Jandrei; Jonathan (Walter), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard (Alvarado), Erick (Ravanelli), Christian e Cittadini (Pedrinho); Carlos Eduardo (Fabinho) e Kayzer. TC: Eduardo Barros.

Internacional: Lomba; Heitor (Rodinei), Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Lindoso, Bruno Praxedes (Musto), Patrick (Pottker); Marcos Guilherme, Thiago Galhardo (Yuri Alberto) e Abel Hernández (D’Alessandro). TC: Eduardo Coudet.

Próximo confronto

Pelo Brasileirão, o time volta a campo na quarta-feira, 14/10, às 21h30, contra o Corinthians, no Baixada.

O Furacão faz seu último jogo da primeira fase da Libertadores – já classificado, mas tentando assegurar a primeira colocação – contra o Peñarol, no dia 20/10, às 21h30, no Campeón Del Siglo.

Ainda neste mês, no dia 28, às 21h30, o Athletico faz o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Flamengo, na Arena.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…