14 nov 2020 - 18h58

Pra cima, Athletico!

Athletico e Goiás fizeram o duelo dos desesperados do Campeonato Brasileiro.

O Furacão tenta embalar após vencer o Fortaleza de virada na rodada passada e, agora, a equipe goiana. Foi a terceira vez no Brasileirão que o Rubro-Negro engatou duas vitórias em sequência. Em uma delas, o Furacão venceu justamente Fortaleza e Goiás, nas primeiras rodadas do campeonato.

Após cumprir três jogos de suspensão, Autuori ficou pela primeira vez no banco de reservas no Brasileirão. O head coach teve uma rara semana livre no calendário para fazer várias correções até a partida de hoje.

Jonathan, Márcio Azevedo, Lucho e Vitinho foram desfalques (todos vetados pelo departamento médico).

Confira como foi o jogo:

1º Tempo

Aos 6 minutos, primeira grande chance do jogo. E do Athletico. Carlos Eduardo cobrou rapidamente falta, Abner ajeitou e encontrou Cittadini que saiu na cara do goleiro, mas chutou muito fraco, para defesa tranquila de Tadeu. Chance muito boa desperdiçada.

KAYZER, SEMPRE ELE! Aos 19, Carlos Eduardo recebeu na esquerda, avançau, entortou o marcador e cruzou. O camisa 79 apareceu sozinho entre os zagueiros e, de cabeça, balançou as redes! Furacão em vantagem.

Carlos Eduardo incendiando! Cinco minutos após o gol, ele recebeu na entrada da área, bateu de esquerda e Tadeu salvou com a perna.

Aos 47, Nikão fez ótimo lançamento, de trás do meio-campo. Carlos Eduardo saiu cara a cara com o goleiro, mas Tadeu – mais uma vez – tirou com o pé. Outra boa chance desperdiçada.

Furacão dominou as acões do jogo, com boas articulações e criando as melhores oportunidades de gol.

2º Tempo

Cittadini recebeu de Nikão, entrou na área, mas demorou para finalizar. Ele tocou de esquerda e a defesa esmeraldina fez o corte. Boa chance, logo aos 2 minutos.

Três minutos depois, Nikão tocou para Cittadini, na entrada da área. O camisa 18 bateu colocado, mas a bola não saiu muito forte e Tadeu espalmou para escanteio.

Carlos Eduardo tocou para Nikão que acionou Cittadini na área. Ele bateu e Tadeu espalmou. Eram 15 minutos.

Aos 21, Shaylon cobrou escanteio e Sandro cabeceou no travessão. Na sequência, a defesa afastou o perigo.

Reinaldo tentou o passe para Nikão na pequena área, aos 33 minutos. David Duarte desviou para trás e quase fez contra, mas a bola saiu à direita do gol.

Um minuto depois, Christian cobrou escanteio da esquerda e Thiago Heleno cabeceou perto da trave. O arqueiro do esmeraldino salvou mais uma.

Furacão conseguiu segurar vantagem construída na primeira etapa e conquistou importantíssima vitória fora de casa!

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro – 14/11/2020 – 21ª Rodada

Goiás 0 X 1 Athletico

Local: Serrinha (GO).

Horário: 17h00.

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).

Cartões amarelos: Nikão (CAP); David, Chico, Rafael Moura, Pintado e Fernandão (GOI).

Cartões vermelhos: – .

Gols: Kayzer (19’ 1T).

Athletico: Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Wellington (Zé Ivaldo), Chrtistian (Richard) e Cittadini (Canesin); Nikão, Kayzer e Carlos Eduardo (Reinaldo). TC: Paulo Autuori.

Goiás: Tadeu; Pintado, David Duarte, Chico e Caju; Ariel Cabral (Gustavo Blanco), Keko (Rafael Moura) e Gilberto (Sandro); Douglas Baggio, Fernandão e Vinícius (Shaylon). TC: Enderson Moreira.

Próximo confronto

O Athletico retorna a campo na quarta-feira, 18/11, às 19h00, contra o Atlético-MG, no Mineirão.

Pela Libertadores, o Furacão faz o primeiro jogo das oitavas de final contra o River Plate (ARG), na Arena, no dia 24/11, às 19h15.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……