21 nov 2020 - 21h03

General marca e Furacão emplaca quarta vitória seguida

O Athletico recebeu o Santos neste sábado, 21 de novembro, em partida válida pela terceira rodada do segundo turno do Brasileirão e venceu por 1 a 0 com gol do general Thiago Heleno. Com o resultado, o Furacão atinge a nona posição do Campeonato e engata sua quarta vitória consecutiva.

O Furacão começou a partida disposto a manter sua invencibilidade dos últimos 3 jogos. Com 3 minutos de jogo já eram dois escanteios a favor do rubro-negro, em um deles com cabeceio de Pedro Henrique no meio do gol para defesa do goleiro santista. Aos 7 minutos, após boa troca de passes em frente à área, Cittadini chutou de longa distância também no meio do gol, facilitando a defesa do goleiro John.

Aos 10 minutos, Nikão conduziu a bola bem pelo meio e abriu para Abner, que fez ótimo cruzamento para Erick, que chegou chutando de primeira mas pegou muito mal na bola.

Aos 12 minutos, o Santos ameaçou pela primeira vez. Em rápido contra-ataque, a equipe santista chegou pelo lado esquerdo e Arthur Gomes finalizou para boa defesa do goleiro atleticano.

Aos 23 minutos, Paulo Autuori teve de fazer a primeira alteração no time. Christian, machucado, deu lugar a Fabinho, que foi posicionado na ponta direita, fazendo com que Nikão virasse um meia. E a mudança quase fez a diferença já no primeiro lance. Nikão recebeu passe no meio e lançou Fabinho nas costas da zaga, que cruzou rasteiro para Kayzer, mas a bola foi um pouco forte e o centro avante atleticano não conseguiu finalizar.

O jogo perdeu ritmo a partir da metade do primeiro tempo, sem que as equipes conseguissem criar chances perigosas, e o jogo foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

O segundo tempo iniciou sem alterações no Athletico, tampouco na postura dos times. O rubro-negro tentava explorar sobretudo o lado direito do ataque, aproveitando a boa partida de Fabinho. Entretanto, foi pelo lado esquerdo que quase o Furacão conseguiu abrir o placar. Após falta cobrada por Renato Kayzer, a bola desviou na barreira e sobrou para Erick, que deu um tapa por baixo da bola, mas acabou mandando por cima do gol.

Aos 13 minutos foi a vez do Peixe ameaçar o gol do Athletico com um chute de longa distância defendido por Santos. Dois minutos depois, Nikão recebeu bola na intermediária e tentou chute de primeira, mandando longe do gol de John. Aos 16, Erick recebeu boa inversão de jogo, puxou para o meio e tentou chute de longe com a perna esquerda, sem levar perigo.

Aos 18 minutos, Autuori promoveu mais duas alterações: Reinaldo e Wellington saíram para a entrada de Ravanelli e Alvarado.

Aos 21 minutos, após boa trama pela esquerda, Abner ajeitou para Fabinho dar chute de perna esquerda e exigir boa defesa do goleiro John. Aos 29 minutos, Cittadini rolou para Ravanelli tentar chute de longa distância. A bola desviou na zaga e saiu para escanteio. Na cobrança, o próprio Ravanelli botou na cabeça de Thiago Heleno, que cabeceou firme pro chão e não deu chance de defesa para o goleiro John. Furacão na frente!

O gol animou o Athletico, que quase ampliou aos 34. Após boa jogada de Cittadini pela direita, Fabinho chegou finalizando mas o goleiro John fez grande defesa. Aos 35, quase o Santos empatou em cruzamento da esquerda que encontrou Madson entrando em diagonal. O lateral ex-Athletico cabeceou e o goleiro Santos quase aceitou, mas a bola bateu na trave e voltou para o goleiro atleticano.

Buscando o empate, a equipe santista passou a pressionar e o Athletico se fechou para tentar garantir a vitória. Aos 39, após cobrança de falta pela esquerda, a bola foi desviada e obrigou o goleiro Santos a fazer grande defesa.

Aos 44 minutos, o Furacão fez suas últimas alterações. Bissolli entrou no lugar de Renato Kayzer e Felipe Aguilar entrou no lugar de Nikão. Os jogadores, entretanto, pouco tiveram chance de tocar na bola. O jogo seguiu sem grandes chances e o Furacão conseguiu sua quarta vitória consecutiva.

O Athletico agora volta suas atenções para a Libertadores. Na terça feira, dia 24, o rubro-negro recebe o River Plate em partida válida pelas oitavas de final da competição.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……