História
Construção
Artilheiros
Top 10
Marcar um gol no estádio mais moderno do Brasil não é para qualquer um. Todo e qualquer jogador quando adentra o gramado do Joaquim Américo vislumbra com a beleza do estádio. É o sonho de qualquer um poder marcar um gol no santuário rubro-negro, alegria para poucos, que conseguiram deixar seu nome na história da Arena. E o nome mais lembrado pela torcida atleticana quando se fala em gol na Baixada é o do maranhense Kléber, maior artilheiro desde a reinauguração em 1999. Ele marcou 67 gols no estádio.

Logo atrás de Kléber, estão Alex Mineiro, Ilan, Dagoberto, Washington, Adriano, Denis Marques, Jadson, Lucas, Lima e Ferreira. Os jogadores que marcaram mais gols na Arena sem jogar pelo Atlético são Edilson e Ricardinho.

O artilheiro e o gol de placa



O maior artilheiro da história da Arena da Baixada é o maranhaense Kléber João Boas Pereira. Kléber esteve presente nos principais momentos dos primeiros anos do estádio. Entrou no segundo tempo do jogo de inauguração, contra o Cerro Porteño e marcou gol contra o São Paulo, nas quartas-de-final do Brasileirão 2001.

Seus momentos mais marcantes, porém, foram nas partidas em que o Atlético mais marcou gols na Arena: o 6 a 1 sobre o Paraná (no qual marcou quatro gols) e o 6 a 3 sobre o Bahia (com três gols seus).

O primeiro gol de Kléber na Arena aconteceu logo no segundo jogo do Atlético no estádio: a vitória de 3 a 2 sobre o Flamengo, pelo Brasileiro de 99. O último foi no clássico Atletiba do Brasileirão 2002, vencido pelo Atlético por 1 a 0. No total, foram 67 gols com a camisa do Atlético na Arena.

Além de Kléber, outro artilheiro de destaque da Arena é Lucas, responsável pelo primeiro gol da história da Arena e autor de um gol contra o Paraná Clube cuja beleza lhe valeu uma placa no estádio (foto acima). No total, ele marcou 19 gols na Baixada.