Furacao.com
Notícias

Podcast | domingo, 03 de dezembro de 2006, 11h25

Podcast Furacao.com: mais interatividade com o internauta

Por: Furacao.com

Foto Destaque

A partir de agora, torcedor poderá ouvir notícias do Atlético em seu tocador de mp3 portátil

Se há novidades na internet, a Furacao.com acompanha a evolução. Há dez anos no ar, o site praticamente cresceu ao lado da evolução do mundo virtual no Brasil. Nesta última década, muitos provedores abriram, muitos fecharam, alguns uniram forças. Softwares modernos facilitaram a vida para os webdesigners, o Windows Live Messenger praticamente sepultou o ICQ, os programas de telefonia ganharam fôlego e a revolução das bandas largas acabou, para muita gente, com aquele barulho do modem conectando na linha discada.

Com o Atlético, a evolução também produziu grandes mudanças. Os treinos no campo do Flamenguinho foram trocados pelos realizados no maravilhoso CT do Caju, a Baixada virou Kyocera Arena, a hegemonia do futebol paranaense foi conquistada, a disputa de títulos no Brasil e no exterior começou a virar uma realidade e o orgulho de vestir o vermelho e o preto foi consolidado.

E como no dia a dia os torcedores passaram a buscar outras fontes de notícias, os jornais impressos e as rádios viram surgir mais um veículo de comunicação: a internet. Apesar de o rádio ter um dinamismo semelhante ao mundo virtual, as ondas das AMs e FMs não conseguem alcançar todos os torcedores. Uma notícia publicada na internet, às vezes, tem um efeito imediato de repercussão nos Estados Unidos, Rússia, Balsa Nova ou no bairro Água Verde.

Foi pensando nesse dinamismo que a Furacao.com passa, a partir de hoje, a disponibilizar uma nova seção no site: os podcasts. Um arquivo em mp3 serve como pilar da base. É através dele que o torcedor poderá ouvir as novidades e os comentários da nossa equipe de editores, colunistas e convidados especiais. O primeiro programa já está no ar, mas vale a pena seguir as orientações abaixo antes de ouvir.

O que é podcast

A expressão podcasting foi cunhada para designar uma nova maneira de transmissão de dados e voz via Internet. Reputa-se que o jornal The Guardian tenha sido o primeiro veículo a adotar o termo podcast, que surgiu da junção de iPod (tocador de mp3 da Apple) e broadcasting (transmissão de rádio ou televisão). Em 2005, "podcasting" foi eleita a palavra do ano pelo dicionário New Oxford American, consagrando mundialmente a utilização do termo. "Milhares de podcasts podem ser baixados na loja virtual iTunes e em sites como o iPodder.com e Podcast.net, entre milhares de outros. Isso possibilita que os internautas ouçam todo tipo de conteúdo", explicou um comunicado dos editores do dicionário britânico.

O podcasting consiste na "gravação digital de um programa, como de rádio, oferecida na internet para download em um tocador de músicas pessoal", geralmente no formado mp3. A utilização deste tipo de formato permite que o arquivo seja reproduzido pelas mais diferentes mídias. Ele pode ser reproduzido diretamente via navegador (Internet Explorer, FireFox ou similares) ou então baixado para ser executado em outras mídias, como tocadores portáteis (iPod, Zen, Zune e similares).

Ou seja, o podcast é um programa que pode ser armanezado como se fosse uma música, para ser reproduzido a qualquer tempo. Há também a possibilidade de o internauta receber a atualização automática dos podcasts mediante uma espécie de assinatura. Isso se dá através da utilização de feeds RSS para distribuir o conteúdo, o que constitui a grande diferença do podcasting em relação aos audioblogs, vlogs e flogs.

O formato de transmissão popularizou-se rapidamente e hoje é utilizado por diversas empresas no mundo para divulgar notícias e programação, assim como algumas universidades que começam a disponibilizar aulas neste formato - no Brasil, a Unicamp é a pioneira. Os grandes veículos de comunicação do Brasil também já estão adotando o podcast. Recentemente, a Revista Veja lançou um podcast contendo comentários do colunista Diogo Mainardi.

De acordo com uma recente pesquisa divulgada, estima-se que até 2010 haverá 15 milhões de ouvintes de podcast somente nos EUA. Isso significa que o mercado estará voltado para explorar esta forma de transmissão de conteúdo. Empresas como Yahoo e Google já estão voltadas para aproveitar a "febre" do podcast entre os internautas.

Como ouvir

Você pode ouvir o podcast da Furacao.com clicando no arquivo e o reproduzindo-o diretamente no seu navegador ou em um software tocador de música. Para receber podcasts em seu computador, você deve instalar um agregador de informação em seu micro. Atualmente, um dos mais populares é o software gratuito iTunes, da Apple, que atualiza automaticamente os programas selecionados pelo usuário.

É necessário cadastrar estes programas no agregador para que a atualização aconteça automaticamente. Assim, o usuário deve entrar em um software de podcast (como o iTunes) e selecionar a opção "Subscribe to Podcast" (ou assinar um podcast) no menu "Advanced" e digitar no agregador o seguinte endereço: http://www.furacao.com/podcast/furacao.xml. Depois disso, o software vai automaticamente fazer o download do podcast mais recente da Furacao.com. Ou através do link: itpc://feeds.feedburner.com/furacao.

Do computador, estes arquivos podem ser transferidos para qualquer tocador portátil para ser ouvido durante qualquer percurso, sem a necessidade de estar conectado à Internet.

Com informações do Wikipedia, Folha de S.Paulo, Estado de S.Paulo, Veja e Bizz

Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=20443

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Mais lidas
Últimas Notícias
Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active