Furacao.com
Notícias

Futebol | sexta-feira, 02 de setembro de 2011, 02h07

Antonio Lopes é o sexto treinador em 2011

Por: Monique Silva (Furacao.com)

Foto Destaque

Geninho foi o treinador que saiu com o maior aproveitamento [foto: Giuliano Gomes]

Sérgio Soares, Geninho, Leandro Niehues e Adilson Batista e Renato Gaúcho. Estes foram os treinadores que passaram pelo Atlético em oito meses. O sexto treinador da temporada é Antonio Lopes, anunciado no final da noite de ontem para comandar a equipe até o final da temporada.

O ano de 2011 começou com Sérgio Soares no comando da equipe, que havia chegado em novembro do ano passado em substituição a Paulo César Carpegiani. Depois de perder três partidas no Paranaense, o treinador pediu demissão do clube, no mês de fevereiro. Durante três meses, Soares teve aproveitamento de 53% passagem pelo Rubro-Negro, com oito vitórias, três empates e seis derrotas.

Depois, foi a vez de Geninho assumir o time. Em sua terceira passagem pelo clube, o treinador teve seu trabalho contestado pela diretoria atleticana e, mesmo com um aproveitamento de pontos elevado (mais de 80%), decidiu-se pela sua demissão. Em 10 partidas sob sua orientação, o time venceu oito, empatou uma e perdeu outra. Foram oito partidas pelo Campeonato Paranaense e duas pela Copa do Brasil, com um aproveitamento de 83%.

Em abril foi a vez do ex-jogador Adilson Batista chegar ao CT do Caju com grande expectativa da torcida, pelo seu passado envolvido com as cores rubro-negras. Porém, sua passagem pelo clube foi decepcionante. Com Pezão no comando, o Atlético perdeu de goleada a final do Paranaense e foi eliminado pelo Vasco da Copa do Brasil. Nos últimos jogos, titubeou na escalação da equipe, insistindo com jogadores de pouca expressão, como Marcelo Oliveira, e apostando em esquemas de jogo que não deram resultado. Adilson comandou o Furacão por pouco mais de dois meses e teve um péssimo aproveitamento de apenas 38,1% dos pontos. Ao todo, ele comandou o Furacão em 14 jogos, com quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Por último, Renato Gaúcho foi o que menos tempo permaneceu no clube. Em apenas dois meses, o treinador alcançou um aproveitamento de 40% dos pontos que disputou. Ao todo, o Renato disputou 14 partidas, somando quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas.

Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=37269

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active