Furacao.com
Notícias

Futebol | domingo, 08 de janeiro de 2017, 21h43

O que esperar do Atlético em 2017?

Por: Furacao.com

Foto Destaque

Torcida reserva otimismo para a temporada [foto: FURACAO.COM/Joka Madruga]

É com otimismo que a torcida atleticana está recebendo a temporada 2017. Nos bastidores, o clube está se movimentando e já confirmou as chegadas do atacante Grafite, do lateral Jonathan e do meio-campo Felipe Gedoz. Neste início de semana, a expectativa é pelo anúncio do atacante Luís Henrique e a renovação do zagueiro Thiago Heleno, destaque do time na temporada passada e uma das referências do torcedor.

Oficialmente, a temporada começa apenas na quinta-feira, dia 12, quando está marcada a reapresentação do grupo para a pré-temporada e os primeiros trabalhos sob o comando de Paulo Autuori. O período de trabalho será curto, já que o Atlético estreia no Paranaense no dia 29 de janeiro, contra o Rio Branco, em Paranaguá, e no dia 31 de janeiro faz a estreia na segunda fase da Libertadores, contra o Millonarios, da Colômbia, na Arena da Baixada.

O calendário rubro-negro também está recheado. No Paranaense, o clube luta pelo bicampeonato, que não conquista desde 2001 (chegou ao tricampeonato com as taças de 2000, 2001 e 2002). Também tem participação pela quinta vez na Libertadores, com o desafio de primeiro disputar fases eliminatórias – na segunda fase, enfrenta o Millonários e, se passar dos colombianos, enfrenta na terceira fase o vencedor do confronto entre Universitario e Dep. Capiatá ou Dep. Táchira, para aí sim entrar na fase de grupos, integrando o Grupo 4, com San Lorenzo, Universidad Católica e Flamengo. Ainda na temporada rubro-negra, tem a Copa do Brasil, que o clube entra apenas nas oitavas de final, já que disputa a Libertadores, e o Brasileirão.

Confira algumas expectativas do torcedor atleticano para a temporada 2017. Você também pode enviar a sua opinião, participando da seção Fala, Atleticano.

“Eu espero que o Atlético faça uma boa campanha na Libertadores. Apesar de algumas saídas de jogadores, o time parece estar se reforçando bem e confio muito no trabalho do Autuori” - Milene Szaikowski, atleticana e coordenadora do Círculo da História Atleticana”

“A manutenção do Autuori e das principais peças, as contratações interessantes logo no final do ano e o movimento de aproximação com o torcedor constituem elementos que ESTÃO ME PERMITINDO SONHAR! Se eu já costumo ser otimista, neste início de ano eu estou impossível. Quero ver o Caldeirão fervendo e ostentando aquilo que tem de melhor. Um time vibrante, aguerrido e com força de Furacão durante todo o calendário e nada de "fogo-amigo". Enfim, espero que em 2017 sejamos menos bipolares e que não sejam replicados os mesmos erros da nossa história recente. Que seja um grande ano!” Michele Toardik, atleticana e ex-colunista da Furacao.com

“A esperança é de um 2017 um pouco diferente do ano passado. Com a conquista da vaga para a Pré-Libertadores e com as contratações já confirmadas do atacante Grafite, do lateral Jonathan e do meia Felipe Gedoz, junto a possível contratação do atacante Luís Henrique, ex-Botafogo, e a permanência do zagueiro Thiago Heleno, acredito que o Furacão pode sim fazer um ano diferenciado em 2017. O primeiro passo é passar pelo Millonarios (COL) e passar por mais um mata-mata antes de chegar a fase de grupos, onde entrará no Grupo 4, juntamente com San Lorenzo, Universidad Católica e Flamengo. Mas o ano atleticano não se resume apenas à Copa Libertadores da América, o ano começa em Paranaguá, contra o Rio Branco, pelo Campeonato Paranaense, depois passará pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa do Brasil, oportunidades para fazer a torcida atleticana voltar a sonhar com grandes conquistas, desde que a torcida faça a sua parte e se associe para ajudar o clube com novas contratações para reforçar ainda mais o elenco atleticano.” - Silvio Toaldo Junior, atleticano e ex-colunista da Furacao.com

“Acredito que podemos esperar bons resultados, afinal a diretoria se mobilizou cedo, em conjunto com o Autuori, e está trazendo nomes em posições que o Atlético está precisando para reforçar o elenco e entrar forte e competitivo em todas as disputas do ano. Ainda é difícil acreditar em títulos de grande expressão, afinal pegamos competições pesadas e caso passe da pré entramos no grupo da morte na Libertadores. Mas com um time bem montado, sob o comando do Paulo [Autuori], acho que podemos sim ir longe e porque não acabar surpreendendo em alguma das três principais competições que iremos disputar (Libertadores, Brasileiro ou Copa do Brasil).” - Gabriel Zanon, atleticano

“Eu não espero uma grande campanha na Libertadores até porque não vejo o Atlético fazendo grandes contratações. No Brasileiro, o Atlético sempre foi um time de muita superação, mas tudo depende das contratações e acredito que o fator campo, leia-se grama sintética, não fará tanta diferença, pois os times estão mais habituados.” - Antonio Lima, atleticano

Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=48394

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active