Furacao.com
Notícias

Brasileiro | quinta-feira, 13 de julho de 2017, 01h22

"Somos nós que vamos fazer a diferença", afirma Otávio

Por: Furacao.com

Foto Destaque

Otávio disse que mudanças influenciaram dentro de campo [foto: FURACAO.COM/Joka Madruga]

O volante Otávio viu um Furacão bem no jogo, e um Cruzeiro oportunista na derrota por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (12), na Arena da Baixada. Segundo o volante, o Furacão precisa parar de oscilar na competição para sair da parte de baixo da tabela. Com a derrota, o time está na 15ª posição, com 15 pontos.

"A gente estava fazendo um bom primeiro tempo, jogando, mas o Cruzeiro foi no nosso erro e fez o gol. A gente ficou um pouco querendo acelerar as coisas, aí a gente acabou se perdendo. No segundo tempo, a gente foi um pouco mais parelho. Infelizmente, não conseguimos fazer o gol. O Cruzeiro, nas oportunidades que teve, fez os gols. Futebol brasileiro é isso, é futebol de alto nível. Os clubes grandes estão sempre fazendo os gols, a gente tem que procurar oscilar menos durante as partidas para voltar a vencer, o que é muito importante neste momento", afirmou em entrevista coletiva.

Questionado sobre as mudanças que ocorrem no time nesta semana, com saída de comissão técnica, treinador e jogadores, Otávio disse que o grupo acabou sentindo dentro de campo, mesmo eles tentando evitar que isso interferisse no jogo. Segundo ele, os atletas que ficaram precisam se concentrar e tirar o time desta situação.

"A gente tenta não levar isso para dentro de campo, mas interfere. São atletas do nosso grupo que eram peças fundamentais, contratações que chegaram, a própria comissão, que muda toda hora, muda o planejamento. A gente fica com essa balançada, mas tem que procurar sofrer menos possível. Não pode estar neste balança para cá, balança para lá. Somos nós, atletas, que vamos fazer a diferença. Temos que concentrar cada vez mais e errar cada vez menos para sair desta situação", declarou.

Com a derrota para o Cruzeiro, o time completou cinco jogos sem vencer, juntando Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro. Agora, se quiser continuar nas competições mata-matas, terá de reverter um 4 a 0 dentro de casa para o Grêmio e vencer o Santos por 2 a 0 na Vila Belmiro. Para Otávio, as situações são complicadas, mas não impossíveis. Além disso, o time também precisa se reabilitar no Brasileiro.

"Com certeza (é preocupante). A gente tinha, no início do ano, o planejamento de ter grandes conquistas. Não tem nada desperdiçado ainda, mas claro que a gente fica em situação cada vez mais difícil. No Brasileiro, a gente tem muitos jogos pela frente para se reequilibrar e voltar a brigar pelas primeiras posições", disse.

O volante também falou sobre os protestos da torcida após o jogo. "Sabemos que é difícil pedir o apoio da torcida, eles estão no direito de cobrar, estão querendo resultado, mas sempre o torcedor tem o direito de cobrar. A gente tem que concentrar cada vez mais porque só nós vamos sair desta situação", finalizou.

O Furacão volta a campo contra o Corinthians no próximo sábado (15), às 19h, na Arena Itaquera. O Atlético está na 15ª posição, com 15 pontos.

Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=49113

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Últimas Notícias
Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active