16 out 2001 - 20h53

Atletiba com censura

A diretoria do Coritiba vai colocar apenas 10% do total da carga de ingressos para os torcedores atleticanos. Reflexo do amadorismo que impera no Couto Pereira.

Esse percentual representa 5,6 mil lugares no estádio para os rubro-negros. Do lado verde e branco, 27 mil. Isso mesmo, atleticano, apenas 32,6 mil ingressos devem ser colocados à venda a partir de quinta-feira, se a empresa que confecciona os bilhetes conseguir vencer a demanda.

A carga total de ingressos reflete o momento do Coritiba no Campeonato Brasileiro: vigésimo colocado, lutando para não ser rebaixado e sem o apoio da torcida.

Exatamente o contrário que passa o Atlético. Com o melhor ataque da competição, o Furacão está em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro. E a torcida, empolgada para o clássico. Pena que a mentalidade de quem dirige o time daquelas bandas seja tão medíocre.

Por que não colocar a mesma carga de ingressos do jogo do Brasil – 55 mil – ? Assim ambas torcidas ficariam mais a vontade – se é que isso é possível – dentro do Couto Pereira.

Vão dizer que na Baixada a carga de ingresso é a mesma. Sim, pode ser a mesma, mas lá há condições excelentes de se assistir a uma partida de futebol. Existem banheiros, praça de alimentação e, acima de tudo, organização.
Mais uma vez a falta de bom senso dos diretores do Coritiba vai privar rubro-negros de assistirem ao maior clássico do futebol paranaense e, infelizmente, transformar o Couto Pereira num barril de pólvora.

Reunião

Amanhã a Polícia Militar vai se reunir com as duas torcidas organizadas (Império Alvi-verde e Fanáticos). Na reunião vão ser discutidos os comportamentos dos torcedores, o efetivo de PM que trabalhará no clássico, bem como o acesso de atleticanos e coxas-brancas no Couto Pereira.

Serviço

Ingressos para a torcida do Atlético – à venda nesta quinta-feira na Arena da Baixada.
4 mil ingressos de arquibancada – R$ 12,00
1,5 mil meio-ingresso – R$ 6,00
100 cadeiras – R$ 35,00



Últimas Notícias