6 nov 2001 - 17h01

Time praticamente definido para o jogo das 18h

O Atlético entra em campo para enfrentar o Bahia com dois objetivos. O principal é conquistar os três pontos que faltam para garantir matematicamente a vaga para fase final. O outro é defender a liderança da tabela de classificação conquistada após a vitória do último fim de semana.

Para isso, o técnico Geninho vai poder contar com quase todo o time titular. O único desfalque fica por conta do zagueiro Rogério Corrêa que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática.

Enquanto Rogério deixa o time para dar a vaga à Igor, dois jogadores que não enfrentaram o Goiás estão voltando. O ala-esquerdo Fabiano cumpriu a suspensão e está confirmado com a camisa rubro-negra.

Quem também retorna após dois jogos ausente é o atacante Alex Mineiro. O jogador estava em tratamento devido a uma inflamação no púbis. No último treino preparatório Alex participou normalmente e foi confirmado por Geninho ao lado de Kléber.

“O Alex Mineiro treinou bem e não sentiu mais nada. Ele está confirmado no ataque”, disse o treinador atleticano.

A única dúvida com relação ao time titular é o ala-direito Alessandro. O jogador foi substituído na partida contra o Goiás após receber uma pancada no tornozelo direito. Alessandro deixou o campo antes do final do treinamento reclamando de dores no local. O Departamento Médico do Atlético confirmou a pequena gravidade da lesão e que o jogador deve estar a disposição para a partida.

Quem mais preocupa a comissão técnica atleticana é o treinador baiano. Evaristo de Macedo foi o treinador o Atlético no Campeonato Brasileiro de 96 e conhece bem o Estádio Joaquim Américo, a força da torcida rubro-negra e alguns jogadores do elenco.

“Espero um jogo difícil como foi o do Goiás. O time do Bahia tem bons jogadores. O Evaristo conhece bem o time do Atlético e a Arena”, explicou Geninho.



Últimas Notícias