5 fev 2002 - 11h42

Bolívar arma retranca e busca o empate

O técnico Vladimir Soriá armou um esquema bastante defensivo para a partida de estréia da Copa Libertadores de América.

Cinco jogadores vão atuar na defesa para segurar o Furacão. “O Bolívar tem duas posturas em campo. Na Bolívia, jogamos com quatro jogadores na defesa. Fora de casa, com cinco atletas na zaga”, disse o volante Julio Cesar, reserva do Bolívar, para o jornal Gazeta do Povo.



Últimas Notícias