14 fev 2002 - 6h02

KLÉBER PERDE PÊNALTI E CLÁSSICO FICA NO 0x0

Já é o quinto empate seguido entre Atlético e Paraná, mas o Atlético acaba saindo no prejuízo, já que a maioria dos jogos foi na Arena.


Em baixo de chuva, o clássico foi marcado pela tática do “Gato e do Rato”, como classificou Geninho. De um lado o Paraná Clube que mudou sua forma normal de jogo, do 4-4-2 para o 3-5-2 com o objetivo de congestionar o meio de campo e anular as jogadas atleticanas pelas laterais.


Contando com um mal dia dos atacantes do Atlético, em especial Kléber que perdeu o pênalti, o Paraná conseguiu o que queria: empatar com o Campeão Brasileiro.


Como já está virando tradição, Atlético e Paraná fizeram um jogo “de força” e não faltaram jogadas violentas, cotoveladas e cartões de todas as cores. Logo nos primeiros minutos, Anaílton deu uma entrada criminosa em Kléberson e a partir daí a queda de braço foi uma constante.


O primeiro tempo foi mais equilibrado, com chances para ambos os lados. Já na etapa final da partida, o Campeão Brasileiro chegou mais vezes ao ataque, mas falhou demais nas finalizações e não consegui abrir o placar.


Súmula:

Atlético 0 x 0 Paraná

Atlético: Flávio, Igor, Rogério Corrêa e Wellington Paulo (Flávio Luís), Alessandro, Cocito, Kléberson, Adriano e Fabiano, Alex Mineiro (Dagoberto) e Kléber (Adauto). Técnico: Geninho.


Paraná: Marcos, André, Hélcio e Naílton, Goiano, Frédson, Émerson (Júnior), Marquinhos e Hílton (Fabinho), Luciano (Leandro Alves) e Alexandre. Técnico: Paulo Bonamigo.
Local: Arena

Árbitro: Cleivaldo Bernardo


Cartões amarelos: Goiano, Igor, Hélcio, André, Frédson, Cocito e Adriano.


Cartões vermelhos: Frédson e Flávio Luís.



Últimas Notícias