4 mar 2002 - 6h48

ATLÉTICO NÃO É MAIS O MESMO

O Atlético apenas empatou em casa com a equipe do Joinville nesta tarde de domingo em Curitiba. Depois de sair na frente o Furacão perdeu o gás, errou muito e novamente desapontou a torcida.


O jogo foi marcado pelos erros de passes e pela tentativa de ligação da defesa para o ataque sem a participação do meio de campo. Com o boqueirão aberto, a equipe catarinense se aproveitou para dominar a meia-cancha praticamente o jogo inteiro.


O Furacão saiu na frente aos 36 minutos, depois de uma cobrança de falta de Kléberson, Kléber dividiu com o goleiro marcou de pé direito.


O empate veio aos 20 minutos do segundo tempo, um cruzamento de Luís Gustavo pela direita encontrou Adão na pequena área, o atacante não teve dificuldades para marcar.


Não bastasse o posicionamento medíocre em campo, Kléber conseguiu perder mais um pênalti. A torcida foi a loucura e passou a vaiar o time e pedir raça.


O jogo virou uma pelada, com tentativa isoladas e ataques desordenados. No final, o resultado acabou sendo injusto para o JEC, que perdeu chances incríveis de ganhar a partida.


Súmula:

Atlético 1 x 1 Joinville

Flávio, Gustavo, Nem (Flávio Luís) e Rogério Corrêa; Alessandro (Luisinho Netto), Cocito, Kléberson, Adriano e Fabiano; Ilan (Dagoberto) e Kléber. Técnico: Geninho.


Joinville

Marcão, Zé Carlos, Paulo César, Roberto e Sandro Neves; Lico, Alex (Juari), Pingo e Luís Gustavo (Sandro); Mílton (Adão) e Marlon. Técnico: Humberto Ramos.


Local: Estádio Joaquim Américo.

Árbitro: Rogério Pereira da Costa (MG)

Gols: Kléber aos 36′ do 1.º e Adão aos 20′ do 2.º.
Cartões amarelos: Gustavo, Nem, Rogério Corrêa, Fabiano, Paulo César, Roberto, Sandro Neves, Alex, Mílton e Marlon.

Cartões vermelhos: Paulo César e Rogério Corrêa.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que já sabíamos!

“Já se sabe que foi um erro o que aconteceu, os amistosos não terem acontecido, e não ter disputado o Estadual porque a preparação ficou…