22 mar 2002 - 15h28

Confusão na madrugada complica Kléber

As denúncias de que o atacante Kléber, do Atlético, se envolveu em uma confusão em uma casa noturna, na madruga de domingo, foram confirmadas ontem à tarde. O jogador recebeu uma intimação do 8.º Distrito Policial para prestar esclarecimentos. Segundo a queixa registrada contra Kléber, ele teria agredido um rapaz no estacionamento da casa noturna e o ameaçado com uma arma de fogo.

Acostumado a figurar nas páginas de esporte dos jornais pelos seus gols perdidos ou por ter conduzido o Atlético a mais uma vitória, o atacante Kléber está sendo notícia agora do caderno policial.

Em um programa de TV, exibido no domingo à noite, Kléber foi denunciado por ter participado de uma confusão na madrugada de domingo, junto com seu empresário Hamilton Lacerda. No início desta semana Kléber rebateu as acusações afirmando que estava a noite inteira de sábado ao lado de sua esposa. “Não sei de onde tiraram isso, passei todo o sábado ao lado de minha mulher”, explicou.

Segundo o boletim de ocorrência do distrito policial, o jogador, em companhia de seu empresário e um segurança, teria agredido um dançarino que se apresentou na casa noturna Carambola. A confusão teria começado dentro do estabelecimento. No estacionamento do local, Kléber teria ameaçado o rapaz com uma arma de fogo.

Ontem à tarde policiais do 8.º Distrito levaram ao Centro de Treinamentos do Atlético uma intimação ao atacante na qual, segundo o delegado Dirceu Nascimento, constam as acusações de agressão e ameaça com arma de fogo registradas pela vítima, que não teve seu nome revelado.

Fonte: Paraná-Online



Últimas Notícias