27 abr 2002 - 18h06

QUE VENHA O MINEIRO!

Numa partida de muita pegada, o Atlético mostrou quem é quem no atual futebol brasileiro.


O Grêmio começou assustando. Aos 6 minutos, numa falha de antecipação de Rogério Correa, a zaga rubro-negra acabou cometendo pênalti. Rodrigo Mendes bateu bem e abriu o placar para o time gaúcho.


Depois do gol, o time atleticano acabou se encontrando e passou a dominar amplamente a partida, mas o gol custou a sair. Apenas no fim do primeiro tempo, numa cobrança de escanteio de Kléberson, Wellington escorou e deixou Alex Mineiro sozinho para empatar.


No início do segundo tempo, Alex teve grande chance ao receber lindo passe de Dagoberto e bater forte, a bola estufou a rede e metade do estádio comemorou, mas a bola foi por fora.


O Furacão parecia mais determinado e passou a jogar com o regulamento na mão, cadenciando melhor seus ataques e marcando muito bem.


O Grêmio teve apenas duas chances no segundo tempo, mas as faltas próximas da área foram muito mal cobradas.

O Atlético tocava bem a bola mas não chegava ao ataque, Alex e Dagoberto passaram a voltar para o meio de campo. Aos 30, num lance de grande velocidade, a bola sobrou para Kléberson que bateu forte no meio do gol, mas o goleiro pegou em dois tempos. Aos 46 minutos, a última chance de vencer a partida, novamente com Kléberson, que cobrou falta frontal ao gol do Grêmio, mas a bola foi por cima da meta do goleiro Eduardo Martini.


Fim de jogo e classificação garantida, foi só comemorar.


Ficha Técnica:

Atletico 1 x 1 Grêmio

Data: 27/04/2002

Local: Arena da Baixada

Árbitro: Romildo Corrêa (SP)

Auxiliares: Valter José dos Reis (SP) e Francisco Rubens(SP)


Atlético: Flávio, Wellington, Rogério Corrêa e Cocito; Alessandro, Fabiano (Ivan), Flávio Luiz, Kléberson e Adriano (Reginaldo Vidal); Dagoberto, Alex Mineiro (Adauto)

Técnico: Geninho


Grêmio: Eduardo Martini; Gavião, Polga e Claudiomiro; Ânderson Lima, Émerson, Fernando, Valdo e Gilberto; Rodrigo Mendes e Luizão (Grafite).

Técnico: Tite



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

A melhor do ano

O jogo contra o Grêmio foi um espetáculo. O Athletico, enfim jogou como se deve na Baixada. O time rubro negro, mandou o tempo inteiro…