8 maio 2002 - 12h29

Departamento jurídico vai apelar

O advogado do Atlético Paranaense, Gil Justen, vai entrar hoje com um pedido de efeito suspensivo no STJD tentando dar condições de jogo para Fabrício e Cocito, que foram suspensos com 3 e 5 jogos respectivamente.

De acordo com o advogado, a possibilidade maior é de que Cocito tenha sua punição revertida em multa. “Vamos alegar que a súmula foi preenchida de maneira incorreta e apresentaremos testemunhos de que ele não ofendeu o árbitro”, revelou Justen.

Caso a pena não seja convertida em multa, o Rubro-Negro pretende verificar se as três últimas partidas da pena serão cumpridas na próxima Sul–Minas ou já na Copa dos Campeões.



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…