8 maio 2002 - 12h29

Departamento jurídico vai apelar

O advogado do Atlético Paranaense, Gil Justen, vai entrar hoje com um pedido de efeito suspensivo no STJD tentando dar condições de jogo para Fabrício e Cocito, que foram suspensos com 3 e 5 jogos respectivamente.

De acordo com o advogado, a possibilidade maior é de que Cocito tenha sua punição revertida em multa. “Vamos alegar que a súmula foi preenchida de maneira incorreta e apresentaremos testemunhos de que ele não ofendeu o árbitro”, revelou Justen.

Caso a pena não seja convertida em multa, o Rubro-Negro pretende verificar se as três últimas partidas da pena serão cumpridas na próxima Sul–Minas ou já na Copa dos Campeões.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…