26 maio 2002 - 0h37

Riva mantém invencibilidade no Atlético

Três partida no comando do Atlético contabilizando duas vitórias, um empate e nenhuma derrota. Este é o currículo de Riva como treinador do rubro-negro paranaense.

A primeira experiência foi na Copa João Havelange em 2000. Após a saída de Artur Neto, o então preparador físico comandou a equipe na partida contra o Corinthians. O jogo foi fora de casa e ao final dos noventa minutos o placar mostrava três para os atuais Campeões Brasileiros e dois para a equipe paulista.

Passado dois anos, novamente chegou a hora de repetir a experiência. Com a saída de Geninho após não chegar a um acordo financeiro com o clube, Riva dirigiu o Atlético contra o Prudentópolis. O treinador assistiu da beira do gramado o time golear pelo placar de 3 a 0 e passar para semifinal do Supercampeonato Paranaense.

No jogo contra o Iraty a vitória não veio. Porém, a vaga para decisão da competição estadual foi garantida. O empate colocou o Atlético na segunda decisão do ano e Riva não sabe qual o gosto da derrota no comando do rubro-negro.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…