27 maio 2002 - 12h41

Motivação para a final do Supercampeonato

O Atlético se classificou para as finais do Supercampeonato Paranaense sob as vaias da torcida, mas o técnico Riva de Carli garante que o Rubro-Negro não está desmotivado, como pareceu no empate em 0 a 0 com o Iraty.

“O grupo tem motivação, sim. O problema é que o campeonato não teve um desenvolvimento. O erro não parte dos atletas, e nisso os jogadores dos outros times também se incluem. Parte de uma mobilização em torno da competição. O campeonato não anima pelo regulamento”, diz o técnico.

Riva de Carli tirou o dia de folga para trabalhar. Neste domingo, ele e seu atual auxiliar-técnico Eudes Pedro estiveram na Vila Capanema para assistir o clássico entre Paraná e Coritiba.

“É excelente assistir os adversários no campo. E o pessoal daqui é amigo”, afirma o treinador, contando que não sofreu nenhuma represália até por não ter sido reconhecido nas cadeiras da Vila Capanema.

O técnico atleticano acredita que sua equipe precisa de um ingrediente a mais para ser campeão.

“Nosso time precisa de um pouco mais de molho. Nosso ataque está muito burocrático, temos que criar mais jogadas e finalizar bem. A torcida vaiou por isso. Nosso torcedor quer ver a equipe guerreira e isso não aconteceu”, concluiu Riva, que garantiu algumas mudanças no time.

Fontre: Terra Esportes



Últimas Notícias

Notícia

Deu tela azul, no Azuriz

Pela sexta rodada do Campeonato Paranaense o Athletico recebeu o Azuriz. E desde o início demonstrou que está em franca evolução. Já aos 4 minutos,…

Torcida

Uma nova Aurora para o Furacão

A partida entre Athletico e Maringá realizada no último sábado, na Arena da Baixada, pela 3ª rodada do Campeonato Paranaense, foi um marco na vida…