30 maio 2002 - 18h58

Arbitragem paranaense é confusa novamente

Mesmo não comprometendo o resultado, o árbitro Francisco Carlos Vieira não deu um pênalti para o Paraná e anulou um gol legítimo de Adauto, auxiliado por um bandeirinha que sinalizava antes dos lances serem definidos.

Já no aspecto disciplinar, Carlão conseguiu controlar a partida, dando cartões na hora certa e não precisando expulsar ninguém.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…