30 maio 2002 - 18h44

Petraglia mostra prudência e fala da premiação

Mesmo depois do resultado elástico no primeiro jogo da final do Supercampeonato, o presidente Mário Celso Petraglia declarou que o título não está garantido: “Em futebol, só se pode comemorar quando o jogo termina”, disse ele, referindo-se à próxima partida da final.

Sobre a premiação – caso o time conquiste o campeonato -, Petraglia disse que o clube honrará seu compromisso e buscará recursos para o prêmio, já que até agora o rubro-negro só teve prejuízo financeiro nesta competição.



Últimas Notícias

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…

Notícias

O bom filho?

ANÚNCIO: Dia 01 outubro, um dia após vencer o Peñarol por 2 x 0, na Arena da Baixada e garantir presença na final da Copa…

Opinião

O Furacão voltou

Não podia ser num jogo qualquer… Nosso retorno para casa tinha que ser numa semi-final de Copa do Brasil, contra o badalado e protegido Flamengo,…