3 jul 2002 - 23h17

ATLÉTICO PERDE, SPORTV SACANEIA

O Flamengo venceu o Atlético por 1 a 0 em jogo realizado na noite desta quarta-feira no estádio Albertão, em Teresina, capital piauiense. O jogo foi a estréia dos dois times na Copa dos Campeões. Com o resultado, o Fla, que luta pelo bicampeonato, ficou em boa situação para buscar a classificação.

A decepção não foi somente com o time atleticano. O canal Sportv anunciou durante todo o dia a transmissão da partida. Até no site do canal a programação indicada era de que às 21h15 começaria a partida envolvendo o atual campeão brasileiro e o campeão da copa dos campeões.

O primeiro tempo foi disputado, mas os dois ataques demonstraram ineficiência, desperdiçando várias chances. O Atlético foi perigoso especialmente nas cobranças de falta. Nesse tipo de lance, o Furacão ameaçou com Alex Mineiro, aos 14, Fabiano, aos 18 e Kléber, aos 22.

Já o Fla chegou com perigo nos contra-ataques. Fabrício perdeu uma bola no ataque e o Flamengo avançou, quase marcando com o meia Marquinhos, que chutou forte e obrigou Flávio a fazer boa defesa. Já no final da primeira etapa, Athirson cobrou falta e Hugo chutou para o gol, assustando o goleiro atleticano.

No segundo tempo, o técnico Lula Pereira promoveu a entrada do jovem Felipe Melo no lugar de Marquinhos, ex-Paraná. Porém, foi o Atlético quem quase abriu o marcador. Logo aos 7 minutos, Donizete Amorim cobrou falta e Júlio César fez uma linda defesa, evitando o gol.

Aos 19, o Flamengo esteve perto de marcar o primeiro gol, mas Flávio praticou ótima defesa em chute de Roma. Insatisfeito com o rendimento do ataque, Lula Pereira sacou Caio e Roma, colocando Andrezinho e Liédson antes dos 30 minutos do segundo tempo.

As substituições pareceram ter acordado o time carioca. Logo depois da entrada de Liédson, o Flamengo abriu o marcador. Aos 31 minutos, Andrezinho cruzou e Felipe Melo desviou de cabeça para o fundo das redes de Flávio. Logo em seguida, o técnico Riva colocou Adauto e Rodrigo em campo, em busca de conseguir o empate.

Porém, quem esteve mais perto do gol foi o time carioca, que passou a jogar nos contra-ataques, especialmente com Liédson.



Últimas Notícias

Notícias

Raio X: Penarol

Retrospecto, Nikão e bola na rede. Essas são as apostas do Furacão para garantir vaga na final da Sulamericana 2021. O Athletico é o único…