8 ago 2002 - 11h28

Cocito e Gustavo não acertam e estão quase fora

Nenhuma das partes cedeu e o acordo entre Atlético, Cocito e Gustavo parece cada vez mais distante. Na reunião de terça-feira à noite não houve avanços quanto à renovação dos contratos de ambos, encerrados em 31 de julho.

O presidente Mario Celso Petraglia e o diretor superintendente Alberto Maculan ratificaram a intenção de manter os salários dos atletas no mesmo patamar. Cocito e Gustavo não abrem mão de um bom reajuste, dando a expectativa de que o impasse não será resolvido. “Está muito longe do que eu queria. Com a proposta recebida não haverá acerto e nesse caso vou embora”, esbravejou Cocito, reclamando novamente por não ter sido valorizado no clube.

Com o virtual adeus da dupla, o procurador deles, Marcel Figger, acelera os contatos com outros clubes. O Atlético-MG pode ser o destino de Cocito.

Fonte: Jornal do Estado



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…