9 ago 2002 - 22h56

ESPINOSA CONFIANTE NA ESTRÉIA

Com desfalques mas confiante. Esta é a forma como o Clube
Atlético Paranaense se aproxima da estréia no Campeonato Brasileiro, domingo,
frete a equipe do Guarani, às 16 horas, no Estádio Brinco de Ouro (foto), em
Campinas. Sem poder contar com oito jogadores devido as mais diversas razões, o
técnico Espinosa confirmou uma equipe com caras novas visando iniciar a competição
com o pé direito.

O treinador rubro-negro decidiu ao longo desses 16 dias no
comando do time trabalhar ao invés de ficar lamentando os desfalques. Foram
diversos treinos táticos e técnicos, quatro coletivos para entrosar os
jogadores e dois amistosos para dar ritmo ao elenco. O resultado desse trabalho
esperasse que possa ser colhido logo na estréia do Atlético.

“Nós tivemos um tempo bom de trabalho. O futebol é
feito de superar desafios. Os desfalques não diminuem a confiança no time. O
Atlético precisa superar a falta de alguns jogadores e, principalmente, o
adversário da primeira rodada. Os desfalques”, afirma Espinosa.

Para passar pelo Guarani a formação rubro-negra terá
algumas novidades. Rogério Souza deixa a posição de lateral direito para
atuar no meio campo. O jogador foi o escolhido pelo treinador para substituir
Adriano cujo a liberação do Olimpyque de Marseilha não chegou no prazo
permitido para inscrição.

Outro atleta escolhido para substituir um titular absoluto é
Alan Bahia. A jovem promessa atleticana foi promovido à categoria profissional
durante a pré-temporada. Sem Cocito que ainda negocia uma possível renovação
de contrato, Alan Bahia será o responsável em proteger a dupla de zaga. O jogo
contra o Guarani será a primeira partida oficial do volante na categoria
principal.

O que muda também é a forma de jogar do time. O técnico
Espinosa decidiu abandonar o sistema 3-5-2 que vinha sendo utilizado no Atlético
nas últimas seis competições. A nova formação foi escalado com base no
4-4-2. Os onze titulares que entram em campo com o objetivo de largar com três
pontos na competição são Flávio, Alessandro, Sílvio Criciúma, Igor,
Fabiano, Alan Bahia, Rogério Souza, Rodrigo, Fabrício, Kleber e Dagoberto.

Clique aqui para conferir o especial do Brasileirão 2002 da Furacao.com.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Atlético



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…