14 ago 2002 - 11h49

Espinosa modifica quatro posições frente ao Bahia

Aos poucos o técnico Valdir Espinosa vai acertando a equipe do Atlético que enfrenta o Bahia, nesta quarta-feira, dia 14, às 21hs 40 min, na Arena da Baixada. Após a derrota para o Guarani na estréia do Brasileirão e podendo contar com três reforços, o treinador atleticano realizou quatro alterações na equipe que perdeu em Campinas.

A grande surpresa foi a saída do zagueiro Sílvio Criciúma para a entrada de Rogério Corrêa. O jogador que foi titular na campanha do Campeonato Brasileiro do ano passado não vinha sendo utilizado na equipe principal durante os treinos coletivos e apenas ficou no banco de reservas na primeiro rodada da competição nacional. Espinosa justificou a mudança afirmando que Corrêa recuperou a boa forma física e está apresentando um bom desempenho nos trabalhos técnicos.

“Após a Copa dos Campeões o Rogério Corrêa perdeu um pouco da forma física e também não participou de alguns treinos devido a problemas particulares. Ele vai entrar no lugar do Sílvio como um substituição normal”, explicou o treinador.

As outras três modificações no Atlético já eram esperadas por todos. Adriano, Preto e Kleberson não participaram da estréia devido a problemas com documentação e a falta de um seguro para o último. Regularizados e com seguro assinado, o trio está escalado para formar o meio campo atleticano frente a equipe baiana.

“Eu estou muito feliz de poder voltar a jogar pelo Atlético. Foram três meses desde de a última partida com a camisa rubro-negra. Agora é pensar em entrar em campo com os companheiros com o objetivo de conquistar a primeira vitória no Campeonato Brasileiro”, disse o Pentacampeão.

O time do Atlético está escaldo com Flávio (Adriano Basso), Alessandro, Igor, Rogério Corrêa, Fabiano, Alan Bahia, Preto, Kleberson, Adriano, Dagoberto e Kleber.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Atlético



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…