28 ago 2002 - 23h10

Foi um sufoco, mas valeu a pena!

Realmente, nada é fácil para o Atlético. Apesar de jogar muito mais que o Palmeiras durante quase toda a partida, o torcedor rubro-negro sofreu com os inúmeros gols perdidos.

Os cardiologistas deviam vetar a entrada de pessoas com problemas do coração nos jogos do Furacão, pois por pouco o Palmeiras não empatou a partida no final. O lance mais incrível do ataque atleticano aconteceu com Jadílson, que invadiu a área, driblou o goleiro Marcos e chutou para fora, perdendo a chance de “acabar” com a partida.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…