30 ago 2002 - 15h06

Opinião: “como é bom ser atleticano”

Juarez Villela Filho estréia no time de colunistas do site Furacao.com e escreve uma opinião sobre o Clube Atlético Paranaense.

Como é bom ser atleticano

Lembram dos tempos, não tão remotos assim, em que íamos a campo ver as “estrelas” dos grandes times do eixo jogar ? Torcíamos ferrenhamente, com a doce ilusão de vencer os poderosos times de São Paulo e Rio. Vitórias, mesmo que esporádicas contra esses times, nos davam alento em campeonatos em que lutávamos até a última rodada para não cair.

O que se constata hoje, é uma torcida que ficaria brava se o time não se classifica entre os melhores, fato constante ano a ano. Aliás, a torcida fica brava mesmo se o time classifica, mas não fica entre os quatro melhores !

Como é bom …
– ver Ocimar Bolicenho, dirigente paranista, aquele mesmo que disse em 95 que não haveria fusão e sim uma “anexação” do Atlético ao Paraná Clube viajando de ônibus com seu time, Brasil afora;
– ver a grande mídia desesperada por boas notícias “deles”, afirmando inclusive ser sua torcida mais fanática a atuante que a rubro negra;
– constatar que Kléber, Adriano, Kléberson e Gustavo são ícones de uma geração vencedora, que nos últimos anos conquista uma glória anualmente, ao menos;
– perceber que, para a grandiosidade da Baixada e o elenco que possuímos, as vozes (como a minha), calam-se, pagando os R$ 15 justos que o Atlético merece;
– ostentar com orgulho a camisa rubro negra, com uma estrela dourada no peito, que logo terá companhia de mais algumas;
– saber que hoje em dia, aparadas as arestas, Fanáticos, cadeiras, pessoal “da reta” voltaram a ser uma só torcida, vibrante e que empurra o Atlético para vitórias.

Enfim torcedor rubro negro, em tempos de crise, de descrença e fé em algumas Instituições, como é bom torcer para o Atlético, a grande Instituição de nossos corações !

Juarez Villela Filho
Funcionário Público e colunista da Furacao.com
colunistas@furacao.com



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…