9 set 2002 - 17h58

Polícia investiga incêndio em ônibus da torcida

A Polícia Civil de Santos está investigando a autoria do incêndio contra um ônibus que transportava cerca de 40 torcedores do Atlético Paranaense, na partida do último domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro. O veículo ficou parcialmente destruído, mas ninguém se feriu.

De acordo com o motorista, James Plácido Almeida Sales, que dormia no porta-malas, alguns torcedores com camisas do Santos atiraram duas bombas contra o coletivo e fugiram em seguida. O ato de vandalismo, segundo o motorista, aconteceu por volta das 15h. A versão do motorista foi confirmada por dois policiais militares que faziam ronda no local.

Os torcedores já se encontravam no estádio e o ônibus estava estacionado na Rua São Paulo, nas imediações da Vila. Segundo os bombeiros, o fogo consumiu o estofamento, cortinas e a forração interna. Após ser realizada uma perícia, por policiais do 7° DP, o ônibus foi liberado para seguir viagem ao Paraná. Até o momento, nenhum responsável pelo incêndio foi preso.

Fonte: JB Online



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…