15 set 2002 - 15h21

Paulo Rink dribla o Flamengo e fica na Alemanha

O atacante Paulo Rink, ex-Atlético Paranaense e Santos, não vai mais jogar pelo Flamengo. O jogador acertou a sua permanência da Alemanha, onde até já defendeu a seleção nacional, e vai jogar no Energie Cottbus, de pouca expressão no certame local.

“Ele entrou em acordo conosco em relação às suas exigências salariais. Nós queríamos até um contrato mais longo”, declarou Klaus Stabach, dirigente do time europeu, que ocupa a 14ª posição no campeonato alemão.

A imprensa alemã havia informado esta semana que Paulo Rink, de 28 anos, jogador do Bayer Leverkusen, seria emprestado até dezembro de 2003 ao Flamengo.

A notícia virou uma bomba na Gávea, já que o treinador do time, Evaristo de Macedo, já havia até colocado o jogador como titular da equipe antes mesmo de ele se apresentar na Gávea, o que deveria ter acontecido na última sexta-feira.

“Eu estava no aeroporto esperando um amigo, quando vi funcionários do Flamengo procurando pelo Paulo Rink. Ele não tinha chegado no vôo”, revelou o gerente geral de futebol, George Helal.

Fonte: Terra Esportes



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…