2 out 2002 - 7h25

UM REFORÇO PRA LÁ DE VITAL

O meia Reginaldo Vital, do Atlético, é um dos principais reforços que o técnico Gílson Nunes terá para a partida de sábado contra o Goiás. Afastado do elenco desde o final do supercampeonato paranaense para retirar vários pinos do tornozelo direito, o jogador se recuperou fisicamente, mas não foi aproveitado pelo ex-treinador Valdir Espinosa. Agora, ele só aguarda uma nova oportunidade para se firmar entre os titulares.

Chance essa que já pode pintar com o novo comando do time. “Já estava à disposição na presença do Espinosa e não sei porque não estava sendo convocado. Agora é vida nova e esperar uma nova chance de mostrar o meu futebol novamente”, aponta Vital. O jogador não confirmou a explicação do ex-treinador que estaria fisicamente abaixo do restante do grupo. “Eu devo até estar um pouco pelos jogos. Eu ainda não tive oportunidade de jogar no Campeonato Brasileiro e é difícil porque os outros já jogaram mais da metade da competição. Para chegar no nível deles agora tem que jogar e é o que eu estou esperando”.

Sem Kleberson, que cumprirá suspensão automática, o time abre uma vaga no meio e Vital é um dos postulantes a suprir a ausência do pentacampeão. “Eu estou treinando forte para isso e se ele precisar de mim estarei à disposição para ajudar a equipe do Atlético.” O meia foi contratado no início do ano e atuou poucas vezes devido a contusões. Com contrato até o fim do ano, Reginaldo Vital espera agora recuperar o tempo perdido e repetir no clube o mesmo que já fez em outras equipes.

Fonte: Paraná-online



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…

Fala, Atleticano

Quatro derrotas, já deu!

No início desta temporada, foi informado à Nação Rubro Negra, que à prioridade era o Campeonato Brasileiro. Já passou, seis rodadas, vencemos duas sem convencer…