7 out 2002 - 8h28

Voltar a vencer é prioridade no Atlético

Para não deixar o G8, o grupo dos oito primeiros colocados do Campeonato Brasileiro, o Atlético será obrigado a vencer a Ponte Preta, na próxima quarta-feira, na Arena da Baixada. O Rubro-Negro ocupa a oitava posição, com 23 pontos ganhos em 15 jogos.

O empate sem gols com o Goiás, no último sábado, foi comemorado, considerando que o time jogou completamente desfigurado, sem sete jogadores: os goleiros Flávio e o segundo reserva Adriano Basso, o lateral-esquerdo Fabiano, os volantes Cocito e Douglas Silva, o meia Kléberson e o atacante Dagoberto.

Contra a Macaca, devem retornar Flávio, Fabiano, Cocito e Kleberson. Dagoberto ficaria como opção no banco, já que a dupla de ataque considerada titular é formada por Alex Mineiro e Kléber.

Para o técnico Gilson Nunes, que fez sua estréia no comando da equipe em Goiânia, é importante que o Atlético volte a vencer em casa. “Os torcedores estão ansiosos para ver o time ganhar novamente na Arena. Para superar a Ponte Preta, nesta quarta-feira, vamos precisar do apoio de todos”.

A última vitória do Furacão na Arena aconteceu no dia 4 de setembro, 2 a 0 sobre o Botafogo. Depois o time perdeu para o Gama (3 a 1) e São Caetano (1 a 0), empatou com o São Paulo (1 a 1).

O zagueiro Rogério Corrêa espera que o time aproveite melhor as oportunidades de gol, o que não aconteceu contra o Goiás. “A defesa esteve bem, mas nosso ataque poderia ter chutado mais no gol adversário. Contra a Ponte Preta, temos que aproveitar melhor os contra-ataques”.

Fonte: L! Sportpress



Últimas Notícias

Opinião

PlaneJUMENTO

Antes de tudo, dar os devidos créditos ao @fabiangarrett93 que cunhou tal termo no Twitter sendo de uma felicidade incrível pois ilustra perfeitamente aquilo que…