8 out 2002 - 12h52

Conhecidos à vista na Baixada

Se o goleiro Adriano vive a expectativa de enfrentar pela primeira vez seu ex-clube, alguns ex-atleticanos estão hoje do outro lado também.

O treinador Osvaldo Alvarez, o Vadão, até hoje lembrado com carinho pela torcida rubro negra, comanda a Macaca no jogo de quarta-feira. Vadão foi campeão da Seletiva para a Libertadores em 1999 e Paranaense em 2000. O treinador faz questão de frisar a dificuldade que a Ponte Preta deve encontrar na Baixada :

“Jogar na Arena é como jogar no Majestoso. A torcida joga junto e, se você aceitar a pressão, acaba sufocado na defesa. Vamos jogar com uma certa atenção defensiva, mas temos que agredir. Partir para cima com o objetivo de fazer o resultado”, ensina o técnico da Macaca. “Só não podemos aceitar a pressão do Atlético”, conta.

Já o meia armador Alex Oliveira foi campeão estadual em 1998, transferindo-se depois para o Vasco.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…