14 out 2002 - 19h54

Técnico pode ter todos os jogadores à disposição

O técnico Gilson Nunes terá um quebra-cabeça para montar o time antes de enfrentar o Figueirense, na próxima quarta-feira, às 20h30, no estádio Orlando Scarpelli. Com o elenco atleticano completo em condições de jogo, muitos jogadores da mesma posição lutam por um lugar no time.

A disputa já começa no setor defensivo. São quatro zagueiros procurando uma vaga no esquema 3-5-2. Rogério Corrêa está de volta após cumprir a suspensão automática. Wellington Paulo foi um dos melhores em campo no empate contra a Portuguesa. Igor é o único jogador do elenco que participou dos 17 jogos do Atlético no Campeonato Brasileiro. E, Gustavo está recuperado e recuperando o ritmo de jogo.

Com a implantação do esquema 3-5-2, existe apenas uma vaga na posição de volante. Assim, Cocito e Douglas Silva são os principais candidatos à vaga.

No ataque outra disputa de craques. Três atacantes querem compor a dupla de frente do Atlético. Kléber e Alex Mineiro já escreveram seus nomes na história do clube. O primeiro, segundo maior goleador do Atlético, é o artilheiro do time na temporada com 18 gols. O segundo foi o herói das finais no ano passado e está recuperado do problemas no púbis. O último é jovem e está começando a carreira com o pé direito. Dagoberto é o xodó da torcida e quer conquistar o seus espaço na equipe.

“A disputa por uma vaga é muito saudável. Todos os jogadores, independente do posição, querem um lugar no time”, disse Alex Mineiro. “Quem ganha com a disputa por posições é o Atlético”, afirmou Dagoberto.

O treinador Gilson Nunes vai esperar o último treino antes da viagem para Santa Catarina para fazer suas opções.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…