24 out 2002 - 16h17

Alessandro: Atletiba será a hora da virada

Os nervos andam à flor da pele na Arena da Baixada. O atual Campeão Brasileiro, Atlético, que chegou a liderar a competição hoje ocupa a 17ª posição e já trocou de treinador duas vezes. Além disso, após a derrota de 3 a 2 para o Internacional no último fim de semana, alguns jogadores chegaram a ser agredidos pela torcida. Um dos que foram hostilizados é o lateral Alessandro. Ele que no ano passado conheceu a glória de estar na Seleção Brasileira e conquistar um título nacional, agora conhece o outro lado da moeda. Mesmo assim não desanima e acredita ter chegado a hora da virada.

“Teremos um clássico contra o Coritiba numa situação delicada. A rivalidade é grande e uma vitória acaba afastando este clima tenso. Nada será melhor do que nos reabilitarmos diante de nosso inimigo número 1”, comentou, sobre o jogo de sábado, ressaltando. “A torcida tem de apoiar sem querem que a gente vença. Não adianta xingar, eles têm que nos passar tranqüilidade, já que temos chances de classificação. Estamos há quatro pontos do oitavo colocado, mas a dois do grupo que briga para sair da zona de rebaixamento”, avaliou.

Alessandro acredita que a equipe tem tudo para subir de produção aproveitando a semana sem jogos sob o comando do recém-contratado técnico Abel Braga. “Ele chegou sexta para jogarmos domingo e só pôde dar continuidade ao trabalho do Gilson Nunes. Agora ele teve tempo para implantar sua filosofia de trabalho e está nos motivando muito. Nunca tínhamos trabalhado junto, mas já percebi se tratar de um treinador rígido, que cobra muito, mas que dá moral ao jogador. Quando tem de cobrar, fala na cara e não por trás. Isso nos passa tranqüilidade”, afirmou.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…