11 dez 2002 - 18h01

Em 1999 Atlético classificava-se para final da Seletiva

O Atlético não perdoou o tricolor paulista pelas semi-finais da Seletiva para a Libertadores e goleou por 4 X 2, no estádio Couto Pereira, já que a Arena estava alugada para um show de rock. O Atlético foi para São Paulo podendo perder por um gol de diferença na segunda partida no Morumbi, para conseguir a classificação para as finais, onde enfrentou o Cruzeiro.

O jogo começou quente com Jaques abrindo o marcador logo no início da partida. Adriano empatou aos 10´e Gustavo virou aos 15´ainda na primeira etapa. Os lances foram sucedendo-se, na quente tarde de sábado e o zagueiro Wilson, ex-Atlético, voltou a empatar a partida no início da segunda etapa.

Nos últimos 15 minutos, o Atlético abriu a diferença que foi crucial para a conquista da vaga. Adriano, em rápida jogada pela esquerda, bateu na saída do goleiro Rogério, fazendo o terceiro gol. E aos 43´do segundo tempo, Kelly desviou com o pé um cruzamento de Alberto, decretando números finais à partida. O Furacão ia firme rumo à sua primeira Copa Libertadores da América!

O Atlético formou, naquele 11 de dezembro de 1999, com Flávio; Alberto, Gustavo, Leonardo e Vanin; Fabiano (Marcos Vinícius), Axel, Adriano e Sandoval (Kléberson); Kelly e Lucas (Kléber).Técnico: Oswaldo Alvarez



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…